Nesta caminhada de conciliar amizade, paixão e companheirismo, acredito que o amor surge como uma semente que tem obstáculos para nascer e que precisa de cuidados, mas vai crescendo e se fortalecendo.

Se falta um pouco de água, ela murcha, podendo secar, mas com os cuidados certos ela renasce e volta a crescer, acompanhando as estações, as folhas caem, às vezes ficam só com galhos, mas na primavera renascem, as flores reaparecem.

Umas são plantas frágeis que tem raízes superficiais, outras tem raízes profundas, umas são grandes, outras bem pequenas, umas os galhos são finos, outras tem fortes troncos.

Quero que meu amor seja como árvore de raízes profundas, um tronco que suporte os ventos e galhos que sustentem as folhas e as lindas flores que gerarmos.

 

Thalita Campos
thalita_martins@msn.com
thalita-campos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: