Ir para conteúdo

Bíblia Toda em 1 Ano – Dia 01/06 – Salmos 21-23 – NVI

Salmo 21

O rei se alegra na tua força, ó Senhor! Como é grande a sua exultação pelas vitórias que lhe dás!
Tu lhe concedeste o desejo do seu coração e não lhe rejeitaste o pedido dos seus lábios. Pausa
Tu o recebeste com ricas bênçãos, e em sua cabeça puseste uma coroa de ouro puro.
Ele te pediu vida, e tu lhe deste! Vida longa e duradoura.
Pelas vitórias que lhe deste, grande é a sua glória; de esplendor e majestade o cobriste.
Fizeste dele uma grande bênção para sempre e lhe deste a alegria da tua presença.
O rei confia no Senhor: por causa da fidelidade do Altíssimo ele não será abalado.
Tua mão alcançará todos os teus inimigos; tua mão direita atingirá todos os que te odeiam.
No dia em que te manifestares farás deles uma fornalha ardente. Na sua ira o Senhor os devorará, um fogo os consumirá.
Acabarás com a geração deles na terra, com a sua descendência entre os homens.
Embora tramem o mal contra ti e façam planos perversos, nada conseguirão;
pois tu os porás em fuga quando apontares para eles o teu arco.
Sê exaltado, Senhor, na tua força! Cantaremos e louvaremos o teu poder.

Salmos 21:1-13

Salmo 22

Meu Deus! Meu Deus! Por que me abandonaste? Por que estás tão longe de salvar-me, tão longe dos meus gritos de angústia?
Meu Deus! Eu clamo de dia, mas não respondes; de noite, e não recebo alívio!
Tu, porém, és o Santo, és rei, és o louvor de Israel.
Em ti os nossos antepassados puseram a sua confiança; confiaram, e os livraste.
Clamaram a ti, e foram libertos; em ti confiaram, e não se decepcionaram.
Mas eu sou verme, e não homem, motivo de zombaria e objeto de desprezo do povo.
Caçoam de mim todos os que me vêem; balançando a cabeça, lançam insultos contra mim, dizendo:
“Recorra ao Senhor! Que o Senhor o liberte! Que ele o livre, já que lhe quer bem! ”
Contudo, tu mesmo me tiraste do ventre; deste-me segurança junto ao seio de minha mãe.
Desde que nasci fui entregue a ti; desde o ventre materno és o meu Deus.
Não fiques distante de mim, pois a angústia está perto e não há ninguém que me socorra.
Muitos touros me cercam, sim, rodeiam-me os poderosos de Basã.
Como leão voraz rugindo escancaram a boca contra mim.
Como água me derramei, e todos os meus ossos estão desconjuntados. Meu coração se tornou como cera; derreteu-se no meu íntimo.
Meu vigor secou-se como um caco de barro, e a minha língua gruda no céu da boca; deixaste-me no pó, à beira da morte.
Cães me rodearam! Um bando de homens maus me cercou! Perfuraram minhas mãos e meus pés.
Posso contar todos os meus ossos, mas eles me encaram com desprezo.
Dividiram as minhas roupas entre si, e tiraram sortes pelas minhas vestes.
Tu, porém, Senhor, não fiques distante! Ó minha força, vem logo em meu socorro!
Livra-me da espada, livra a minha vida do ataque dos cães.
Salva-me da boca dos leões, e dos chifres dos bois selvagens. E tu me respondeste.
Proclamarei o teu nome a meus irmãos; na assembléia te louvarei.
Louvem-no, vocês que temem o Senhor! Glorifiquem-no, todos vocês, descendentes de Jacó! Tremam diante dele, todos vocês, descendentes de Israel!
Pois não menosprezou nem repudiou o sofrimento do aflito; não escondeu dele o rosto, mas ouviu o seu grito de socorro.
De ti vem o tema do meu louvor na grande assembléia; na presença dos que te temem cumprirei os meus votos.
Os pobres comerão até ficarem satisfeitos; aqueles que buscam o Senhor o louvarão! Que vocês tenham vida longa!
Todos os confins da terra se lembrarão e se voltarão para o Senhor, e todas as famílias das nações se prostrarão diante dele,
pois do Senhor é o reino; ele governa as nações.
Todos os ricos da terra se banquetearão e o adorarão; haverão de ajoelhar-se diante dele todos os que descem ao pó, cuja vida se esvai.
A posteridade o servirá; gerações futuras ouvirão falar do Senhor,
e a um povo que ainda não nasceu proclamarão seus feitos de justiça, pois ele agiu poderosamente.

Salmos 22:1-31

Salmo 23

O Senhor é o meu pastor; de nada terei falta.
Em verdes pastagens me faz repousar e me conduz a águas tranqüilas;
restaura-me o vigor. Guia-me nas veredas da justiça por amor do seu nome.
Mesmo quando eu andar por um vale de trevas e morte, não temerei perigo algum, pois tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me protegem.
Preparas um banquete para mim à vista dos meus inimigos. Tu me honras, ungindo a minha cabeça com óleo e fazendo transbordar o meu cálice.
Sei que a bondade e a fidelidade me acompanharão todos os dias da minha vida, e voltarei à casa do Senhor enquanto eu viver.

Salmos 23:1-6

Leitura feita por Rodrigo Campos, da Bíblia na Nova Versão Internacional

Se quiser receber o áudio das leituras diariamente em seu Whatsapp, solicite isso através do número 18-997358253

Rodrigo Campos
Um Caminhante Aprendiz

Onde você me encontra?
Twitter: @caminhaprendiz
Facebook: /caminhanteaprendiz 
Youtube: bit.ly/caminhanteaprendiz
Instagram @caminhanteaprendiz 
E-mail: rodrigoaccampos@hotmail.com
Whatsapp: 18-997358253

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: