Ir para conteúdo

Autor: Rodrigo Campos

Um caminhante que está disposto a aprender com os erros e acertos, refletindo quais são as verdadeiras importâncias da vida e sua essência!

Qual é a sua religião?

Tenho maior respeito por quem se encontra e se identifica com essas religiões e convivo pacificamente com todos, sem o menor problema, porém não é mais o meu caminho.

Fiz 34

Hoje eu acordei bem tarde
Beijei a Camila com saudade
Tomei mais café do que precisava
Não soube o que vestir ou comer

Pensamentos Aleatórios #95

Há pessoas que pesam demais, demandam demais dos outros, criam problemas demais, falam demais, tornam o ambiente mais pesado, intensificam o estresse coletivo, não contribuem em nada com a paz, pelo contrário, não aguentam muito tempo o estado de “normalidade” e sempre arrumam um jeito de “causar”.

O que é autoengano?

Autoengano é uma decisão mágica da alma boa; a qual, contra toda lógica e sabedoria, acredita que a boa intenção tem o poder de alterar a realidade, a nossa e a do outro; ou mesmo tem a capacidade de transformar as circunstancias implicadas na e da mesma decisão antes malfadada.

Estalos de Leitura #30 – Rafael de Campos

Contemplar é estar absorto no que se contempla. É se surpreender pela visão e pelos sentidos que a acompanham. É complexidade pura, emaranhado de começos, meios e fins. É buscar a combinação da satisfação do desejo e da exclusão.

Pensamentos Aleatórios #94

Se digo sim, ele precisa valer um sim. Se digo não, o resultado precisa ser de um não. Quando minhas palavras escondem segundas intenções, opiniões contrárias ao significado que elas possuem ou uma indisposição de cumprí-las, isso me torna um ser humano incoerente, falso e indigno da confiança de qualquer pessoa da terra.

Estalos de Leitura #29 – Rafael de Campos

Quando experimentamos estar livres, podemos ao mesmo tempo, em outros aspectos, estar escravos de outrem. Liberdade também é o constrangimento dos espaços e territórios que nos sufocam e nos afirmam a prisão.

Tag Curadoria #2 – O Mundo se Despedaça (Chinua Achebe)

Ler um escritor africano já é algo incrível, haja vista a história de sofrimento e dor de milhares de pessoas daquele continente. É muito comum ouvirmos a história contada pelos conquistadores, colonizadores e integrantes das elites nacionais. Este livro traz outra perspectiva, a saber, a dos colonizados.

O meu lugar

Na jornada da vida vou aprendendo qual é o meu lugar e dando ouvidos aos que me encorajam encontrar o meu lugar.

Pensamentos Aleatórios #93

O amor sempre demanda sacrifícios, sempre nos chama à perseverança, o amor nos coloca sempre do lado de quem sofre para o fortalecer!

Razões para os Teólogos me Abominarem

Ora, para mim isso sempre foi escolha de time por afinidades e conveniências presupostas. Sempre achei tolo […] e hermeneuticamente condicionador do olhar do interprete. Tolo demais!

Escritas pra Vida #7 – Lucas Lujan

Grandeza é não diminuir o outro, nunca; muito menos para parecer maior. Quem o faz, além de provar a sua óbvia pequeneza, prova, ainda, que se sente inferior àquele que diminui.