Carta Pré-Casamento

Mexendo numa caixa antiga de cartas, encontrei uma que escrevi no dia 29/05/2008 às 20h21min para aquela que meses depois juraria amor e fidelidade a mim até que a morte nos separe. Quis compartilhar o conteúdo dessa carta, apenas para fazer menção ao fato de que o tempo passou e o meu amor por ela continua crescendo e os desafios profetizados na carta continuam sendo enfrentados diariamente com a melhor consciência possível. Assista a leitura integral da carta.

Thalita Campos, 32 anos!

Quantos problemas enfrentamos juntos? Quantas experiência inesquecíveis tive ao seu lado? Quantas conversas, discussões e até embates protagonizamos pelo bem de nossa família? Quantos carinhos, afagos, abraços e olhares trocamos emaranhados no amor? Eu poderia imaginar minha vida sem você? É claro que não!

Amor e Árvore

Nesta caminhada de conciliar amizade, paixão e companheirismo, acredito que o amor surge como uma semente que tem obstáculos para nascer e que precisa de cuidados, mas vai crescendo e se fortalecendo. Se falta um pouco de água, ela murcha, podendo secar, mas com os cuidados certos ela renasce e volta a crescer, acompanhando as estações, as folhas caem, às vezes ficam só com galhos, mas na primavera renascem, as flores reaparecem.