Sobre o amor?
Tudo já foi dito.
Só não o que sinto.
Meu amor é feito
de silêncio
e vontades infinitas…
É uma tarde morna, lenta,
de conversas, carinhos,
carícias.
Teu corpo, calor que eu desejo. Refresco de pitanga e paixão.
Tua voz me dizendo coisas que nunca ouvi.
É céu na terra.
Meu amor é sede de beijo que nem água em tua boca.
Me beija, vai.

Wilson Chagas
wilson.gamararte@hotmail.com
wilson-chagas

2 comentários

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: