Ir para conteúdo
Anúncios

Tag: rodrigo campos

Do Céu

Do Céu desceu uma intenção
Uma promessa de salvação
Uma pessoa cuja motivação
Seria aos famintos ser um vivo pão

Anúncios

N.T. Capítulo por Capítulo – Mateus 3

O Capítulo 3 do evangelho de Mateus apresenta a pessoa de João Batista preparando o caminho para o Cristo, com uma mensagem forte, contundente e profundamente provocante: arrependam-se, mudem de mentalidade, pois o Reino dos céus está próximo. Essa mensagem foi atendida por muitos que confessavam a ele seus pecados e por ele eram batizados nas águas do rio Jordão.

N.T. Capítulo por Capítulo – Mateus 2

É interessantíssimo perceber como o nascimento de Jesus está envolto por acontecimentos sobrenaturais (visita de anjos, estrelas que guiam os magos, etc), ao mesmo tempo que participa de todas as relatividades humanas (fuga para o Egito, medo de Arquelau, etc). Ao lermos o Capítulo 2 do evangelho de Mateus começamos a ter uma ideia daquilo que o menino provocaria naqueles que estavam revestidos de poder e de controle sobre os outros e como o seu reinado seria um confronto de natureza psíquica-espiritual ao espírito da época. 

N.T. Capítulo por Capítulo – Mateus 1

Ler a genealogia de Jesus em Mateus é muito mais do que lidar com nomes numa sequência infindável de quem gerou quem, é entender que há uma história por trás dos nomes e que indicam uma quebra de paradigma muito importante: marginalizados tem seu lugar na história da fé. Jesus é descendente de uma prostituta tanto quanto é descendente de reis sábios e marcantes.

Game of Thrones – Porque é bom!

Por isso, certas atitudes maldosas se tornam culturais, ficam impregnados no inconsciente coletivo, e passamos a praticar sem nenhuma reflexão e sentindo prazer mesmo tendo o pior saindo de nós. Isso revela que nossa mente está cauterizada, petrificada, insensibilizada, profundamente comprometida com o não arrependimento e com a indiferença do que o outro sente. Fazemos simplesmente porque para nós, é bom, é prazeroso, é conveniente, nos beneficia, nos traz vantagens primárias e secundárias.

Perigoso Encanto

Será que ao encontrá-la chegarei ao descanso?
Me satisfarei simplesmente por tê-la em meu recanto?
Ou serei seduzido, traído pelo meu próprio desejo
E depois do ardil pelejo
Concluirei que recostar em seus peitos
Foi uma armadilha que trouxe a morte ao meu leito

Game of Thrones – A vida nua e crua

Uma das mensagens mais evidentes em Game of Thrones é a fragilidade da vida. Em todos os episódios a vida é banalizada, se esvai por dinheiro, por posições na realeza, por mero desentendimento, por estar no lugar errado e na hora errada. Às vezes o assassinato acontece simplesmente sem razão alguma, por mero prazer, por ínfimo capricho do matador.

Game of Thrones – Introdução

Estou iniciando essa série de reflexões, aproveitando que as informações dessa série estão vivas em minha memória, e minha pretensão é abordar alguns temas presentes nela: a banalidade da vida, a trama de interesse para se chegar ao poder, a presença do amor em meio a guerra, o sexo usado como peça do tabuleiro de xadrez, a injustiça e selvageria de um mundo imprevisível, dentre outros.

Esperança Eterna

Formigas enfileiradas, gato preto atravessando, pássaros enamorados,
Folhas balançando, e eu? Lutando por uma esperança eterna!

Adultério Existencial

Os verdadeiros sábios elogiam a verdadeira sabedoria, gente ética honra a pessoa que é igualmente ética, o malandro exalta os pais da malandragem.

Somos Problemas nos Desproblematizando

Me parece que a conversão essencial acontece uma só vez na vida. Mas, depois de tal consciência estar instalada em nós, é preciso uma espécie de manutenção diária, de decisões conscientes de desenvolvimento dessa salvação com temor e tremor. Eu reconheço que sou menos problema hoje do que já fui um dia, sou menos pior, menos auto-sabotador, menos pré-julgador, menos ansioso, menos entrave, ao mesmo tempo que não tenho como não admitir a imensa parte que ainda falta restaurar. Sou uma obra inacabada, com placa de “em construção”, sendo edificada a cada dia pelo Arquiteto Universal que tem a própria imagem e semelhança como referência.