Os outros

A maior solidão é a do ser que não ama. A maior solidão é a do ser que se ausenta, que se defende, que se fecha, ou se recusa a partici­par da vida humana. A maior solidão é a do homem encerrado em si mesmo, no absoluto de si mesmo, e que não dá a quem pede o que ele pode dar de amor, de amizade, de socorro. O maior solitário é o que tem medo de amar, o que tem medo de ferir e de ferir–se...

Voar na mesma direção

Bom é lidar com nobreza dentro do possível pra se preservar os mínimos razoáveis de dignidade. Há relacionamentos cujas almas se descolaram porque a alma não se contém em fronteiras estreitas. A alma tem asas e quem tem asas voa se estas não forem podadas. Nos relacionamentos, bom é que as almas voem na mesma direção. A alma é única mas não dá conta de si sozinha, precisa de par.

E se eu me isolasse?

Embora hajam momentos na vida em que o isolamento proposital é um ótimo exercício para reflexão, meditação, introspecção e avaliação pessoal, por outro lado, não há desenvolvimento do ser, do caráter, sem um envolvimento real e profundo com as pessoas que nos cercam. Não falo de "coleguismo", de "oi e tchau", falo de relacionamentos significativos.