Fé e Razão

É fato que a fé, por definição, não está presa a certos limites que a razão impõe. A razão quase sempre está casada com os padrões de fenômenos verificáveis e experimentáveis no cotidiano. A razão quase sempre me leva à lógica. É nesse sentido que a fé pode e deve ser racional, mas também deve levar à razão a um novo estágio de percepção, em que a lógica ganha novos contornos, novos alcances, novos atingimentos.