O Galo Canta #5 – Sou Herói e Vilão

Fui escolhido para ser rei em Israel mas, antes disso precisaria ter paciência pois havia um líder insano no trono eu jamais tocaria em alguém que foi ungido para essa tarefa Fui perseguido, fugi, fui tentado a me antecipar, venci a ansiedade! Alegrei o rei com minha harpa me desviei das lanças da sua perversidade

O Galo Canta #4 – O paraíso não foi suficiente

Fui criado com um mundo a minha volta tive todas as árvores do mundo à minha disposição podia nadar em todos os rios, correr por todos os bosques brincar com todos os animais, desenvolver todo tipo de trabalho Somente uma condição me foi dada, uma árvore, um fruto, não coma! Recebi uma companhia espetacular osso do meu osso, carne da minha carne belíssima, perfeita, era o paraíso dentro do paraíso do que podia eu reclamar? a vida se tornou perfeita!

O Galo Canta #3 – Provei de Tudo

Provei de tudo nessa vida mil mulheres estavam à minha disposição ouro e prata eram como sujeira e pó em minha casa tive tudo o que os homens desejam ter Concluí que a vida é vã quando o sentido dela se resume a ter! Empreendi grandes obras projetei casas, elaborei plantas

O Galo Canta #2 – Cego pra Enxergar

Sou muito conservador não tolero variações de interpretações só há uma única maneira certa de ver a vida a forma como eu a vejo, as ideias que eu defendo Se não concorda comigo vou te matar! Bandidos, blasfemos, hereges meu culto a Deus é varrer da terra essas impurezas,

O Galo Canta #1 – Cair em Si

Pensava que eu era forte que seria capaz de morrer pela causa do amor mas, uma serviçal evocou um medo outrora escondido e o neguei com todas as minhas forças Não o conheço, não cumprirei a minha promessa! O galo canta... Que bom que o galo cante... Quando as máscaras caem quando o eu fracassado vem à tona