Rádio Ao Vivo #035 – Mulher é desdobrável. Eu sou.

No programa "Fone Coletivo" de hoje, lemos vários textos de Adélia Prado, dentre eles "A licença poética" que diz no final: "Mulher é desdobrável. Eu sou." Ouvimos Ney Matogrosso, Lenine, Thiago Brado, Abba, Luan Santana, Jorge Vercillo, dentre outros.

3 Músicas para Setembro 2017

Nesse mês de Setembro te convido a mudar, mudar por meio da decisão consciente, melhorar a si mesmo e com isso mudar positivamente tudo o que você toca e todo ambiente que você transita. 3 canções sobre mudança e a eterna pergunta que cada um precisa responder: Você prefere ser uma metamorfose ambulante ou manter tendo aquela velha opinião formada sobre tudo? Responda aí?!