Pecado: uma outra perspectiva

Suponho que a maioria das pessoas que nasceram no Ocidente da terra possui uma explicação, gravada no coração, sobre o que é pecado. Pra muitos essa palavra é extremamente forte por duas razões: primeiro, porque ela significa desobedecer a Deus, e muitos associam isso à cobranças morais e religiosas; segundo, porque para outros ela foi usada como forma de repressão, imposição e "estupro" da alma e, como reação à essa violência em nome da fé e de Deus, esses vão dizer que não existe pecado, de que isso é história da carochinha, invenção humana para manipular os outros.