Ir para conteúdo
Anúncios

Entre a Justiça e a Vingança

Judas Iscariotes já é bem conhecido. A personalidade, então… nem se fala. É de costume apelidarmos traidores por esse nome. É rotineiro tal nome estar inserido em brincadeiras onde a essência da conversa evoca traições e mentiras. Enfim, Judas é visto com um desgraçado mesmo.

Anúncios

A Morte

Singela, serena e medonha moldura
Acerto fatal em seu golpe final
Sobre o bem e o mal
Refazendo com tristeza, beleza e candura
O destino do pobre, do nobre
E do faminto errante
Do mendigo e do rico
Cessa-se tudo num único gesto
No derradeiro e funesto

EOP #2: O ramo que não dá fruto

Contamos com a longanimidade de Deus? Sempre! Mas, também é inegável que a oportunidade de arrependimento não é algo que dura para sempre, o agricultor é paciente na busca por frutos, mas caso, vez após vez, não os encontre, poderá, com muito pesar, pedir para que a figueira seja cortada para que não inutilize a terra!

Pensamentos Aleatórios #3

Há áreas da vida que em nos vemos como que “administrando o caos”! São situações onde o que há para escolher não é entre o “melhor” e o “pior”, nem entre o certo e o errado, mas sim entre o “ruim” e o “péssimo”, e nesses casos, a melhor decisão está em escolher o mal menor! Só entende do que estou falando aqueles que são capazes de admitir suas fraquezas e que não se iludem pensando viverem no mundo encantado de Walt Disney.

Preferência

Via de regra
Descarto o verso
Que me chega
Empertigado
Gravata borboleta

Palavras

Na ausência das palavras,
Eu só fico a me encantar.
Quero em sonho mais profundo
Em seus lábios me afogar
A margarida é por vida
A mais bela e simples flor
Amarga a vida me seria
Se não fosse o seu amor.

Bela figura

Você, a melhor gradação entre o vestido e o nu e que me concede a sós, suas melhores e mais longas assonâncias… Hora essa que não me permite nenhum tipo de eufemismo.
Você, que só em metonímia em seus olhos, que mostra ao mundo que é você
E que nada tem de comparação por ser tão singularmente você.

Chuva de Lágrimas

Não ouvi o som dos pássaros.
Choveu.
Choveu dor,
Choveu solidão,
Choveu vazia,
Choveu.

Quarto de pensão

Afaste de mim seu olhar pecaminoso
e um tanto criminoso que alivia minha
solidão neste pobre quarto de pensão.
Enquanto que o mundo do lado de fora
progride, você simplesmente me agride.
sendo uma mulher tão bela e vulgar…

EOP #1: Amar o outro como a si mesmo

Em outras palavras, amar o outro como a si mesmo é tratar o outro como nós gostamos de ser tratados, dar a preferência no trânsito para o outro (ser gentil), fazer o outro se sentir a vontade em nossa casa, colocar o que somos e temos à disposição para quem precisa de socorro, é promover o bem, a alegria, a satisfação do outro, é lavar os pés (servir), é querer a cura do outro e contribuir para que ela aconteça, é corrigir (criticar, chamá-lo à lucidez, ajudá-lo a encontrar o caminho da paz), é sofrer com o outro (estar junto, ter empatia, se colocar no lugar do outro).

Pensamentos Aleatórios #2

Minha filhinha Sophia (3 aninhos) chegou pra mim e disse: Pai, a professora disse que todos da sala são amiguinhos, mas a Bruna disse que eu não sou amiguinha dela. Daí eu dei um coraçãozinho que eu tinha na mochila pra ela. Eu perguntei: Você gosta da Bruna, filha? Ela respondeu: Sim, papai! Daí é impossível não lembrar de: Façam todo o possível para viver em paz com todos. Romanos 12:18 e ainda, Não se deixem vencer pelo mal, mas vençam o mal com o bem. Romanos 12:21. É tão simples, que até uma criancinha sabe!

Passos

Correrei então como corria em outro tempo
Pelos prados, pelos bosques e pelos campos:
Ficarás então como em outro tempo,
A salvação mais íntima do mundo.

Prefiro

Eu prefiro descentralizar a centralizar, eu prefiro dar oportunidade de desenvolver líderes a fossilizar uma liderança, eu prefiro ajudar onde não há talentos, do que me aninhar onde já tem gente de sobra, eu dou prioridade a novos desafios e desprezo os velhos mapas. Eu prefiro servir onde não há muitas habilidades e ajudar onde eu faço a diferença.

Pela fé

Não somos chamados a viver a esmo, à mercê dos ventos, como camaleões que se adaptam a tudo e todos para não desagradar a ninguém, vivendo sem identidade. Somos chamados à uma construção interior que nos torne seres humanos mais autênticos, mais parecidos com o Filho de Deus que, enquanto esteve em carne e osso aqui, ensinou como é ser gente de verdade!

Entupido

Feridas saltando apressadas
Acompanhadas de pus esverdeado
Pulmões procurando os melhores ares
Uma cama pra deitar e dormir

Visão

Ver é sempre uma questão de perspectiva
Ir no profundo, para além das aparências e perceber as entrelinhas
Olhar e ter a sensação de que é suficiente, isso basta!
Saber enxergar por dentro sem que se fale uma só palavra