Estalos de Leitura #31 – Rafael de Campos

Quando refletimos que a humanidade é voraz, isto é, sempre ultrapassa o desejo das necessidades, descobrimos também a importância de uma ética que deveria ser o carro chefe frente a prerrogativa do individualismo e do utilitarismo - conceitos éticos modernos que flertam juntamente com a manipulação de "uma política" e das relações sociais como uma questão apenas técnica.