Ir para conteúdo
Anúncios

Categoria: Li e Gostei

Sem tempo para mediocridades

Lembrei-me agora de Mário de Andrade que afirmou: “as pessoas não debatem conteúdos, apenas os rótulos”. Meu tempo tornou-se escasso para debater rótulos, quero a essência, minha alma tem pressa.

Anúncios

Silenciosa escuta

A fala só é bonita quando ela nasce de uma longa e silenciosa escuta. É na escuta que o amor começa. E é na não-escuta que ele termina. Não aprendi isso nos livros. Aprendi prestando atenção.

Talmidim #005 – Rendição

A religião diz que você tem de fazer isso, aquilo e aquilo outro. E você tenta, mas não consegue. Tudo o que você consegue é se frustrar, experimentar uma culpa muito grande um senso de inadequação quase que absoluto diante de Deus. Jesus diz para você: “Venha comigo, eu transformo sua vida”.

O amor crê no amor

Pergunte a um amante se ele ou ela quer deixar de necessitar da pessoa amada, e a resposta será “não”. Pergunte a um verdadeiro crente se ele deseja não precisar de Deus, e ele também dirá “não”. Este é o fruto do amor: necessidade de crer no amor, e não temer sofrê-lo ou conhecê-lo. É uma tragédia o amor que não pode ser declarado como vida, assim como é trágica a fé que não se manifesta como obra. Assim é com o amor: ele tem que dar fruto! Proibir o amor de se expressar é como proibir uma planta de dar seu próprio fruto. O amor não tem como falar de si em palavras, nem em “distintas ações”.

Pecado

Eis algumas ilustrações de pecado. Pecado é uma opção pela auto–suficiência que gera em nós uma ilusão de potência e faz–nos desperdiçar recursos como se fossem inesgotáveis, fazendo–nos descer a ladeira até a desumanização. Pecado anestesia. Pecado ilude. Pecado drena. Pecado bestializa. Pecado desumaniza.

Meta, Objetivo e Propósito

Isso explica por que o mundo está cheio de gente infeliz sem saber por quê, ou, pior, gente infeliz que acredita ter tudo para ser feliz. Alcançaram suas metas, mas isso não bastou. Concretizaram seus objetivos, mas isso não satisfez. Realizaram seus desejos, mas isso de nada adiantou. A razão é simples: a felicidade não é um lugar aonde se chega, mas um jeito como se vai.

Poema Enjoadinho

Filhos… Filhos?
Melhor não tê-los!
Mas se não os temos
Como sabê-lo?
Se não os temos
Que de consulta
Quanto silêncio
Como os queremos!
Banho de mar

Talmidim #004 – Obediência

Enquanto Jesus estava na praia ensinando a multidão, o coração de Pedro foi se enchendo de assombro e encantamento. Ele estava diante de um mestre jamais visto antes em Israel. Aos poucos Pedro vai reconhecendo a autoridade e a majestade de Jesus. Pedro foi percebendo que, comparado a Jesus, ele não passava de um bonequinho de pano. Então Jesus dá uma ordem: “Leve o barco mais ao fundo e lance as redes”. Pedro responde: “Nós pescamos a noite toda, somos pescadores, conhecemos esse mar e podemos dizer que a maré não está para peixe, mas, como és tu quem está dizendo isto, vou lançar as redes”. O que é isso? Obediência.

Comece a reunir os irmãos

Comece a reunir os irmãos. É tão fácil! Não fique preocupado com uniformização de horário, agenda, comando, agendamento de programas que oferecem uma suposta “segurança” à alma fraca e que precisa se entregar para ser conduzida. Não crie dependências, não construa mais um ídolo com a expectativa que os outros adorem! O caminho de Jesus é natural, é leve, é amoroso, é livre, tem como base a transparência, o cuidado mútuo, a troca, a retirada do egoísmo, o repartir, a educação pra vida!

O Caminho do Amor

Se eu falar com eloquência humana e com êxtase própria dos anjos e não tiver amor, não passarei do rangido de uma porta enferrujada.
Se eu pregar a Palavra de Deus com poder, revelando todos os mistérios e deixando tudo claro como o dia, ou se eu tiver fé para dizer a uma montanha: “Pule!” e ela pular e não tiver amor, não serei nada.

Eu

Eu triste sou calada
Eu brava sou estúpida
Eu lúcida sou chata
Eu gata sou esperta
Eu cega sou vidente
Eu carente sou insana
Eu malandra sou fresca

Jardim

Todo jardim começa com um sonho de amor.
Antes que qualquer árvore seja plantada
ou qualquer lago seja construído,
é preciso que as árvores e os lagos
tenham nascido dentro da alma.

O ser espiritual e o ser físico

Sou um ser espiritual que tem atualmente um corpo físico. Eu ocupo meu corpo e seus arredores pela consciência que tenho dele e pela minha capacidade de exercer a vontade de agir com ela e por meio dela. Eu ocupo o meu corpo e seu espaço circundante, mas não posso ser localizado nele ou em torno dele.
Você não consegue me encontrar nem encontrar os meus pensamentos, sentimentos e características de personalidade em parte nenhuma do meu corpo.

Talmidim #003 – Distância

A grande ambição de um discípulo é ser igual a seu mestre. A grande ambição de um talmid é ser igual a seu rabino. Essa também é nossa ambição como discípulos de Jesus. O que queremos é mais do que saber o que ele sabe ou fazer o que ele faz. O que queremos mesmo é nos tornar pessoas iguais a ele.

Um universo em palavras

Palavras são meninas fugidias, andorinhas no crespúsculo de minha existência.
Palavras são anjos que riscam minhas trevas com o giz da beleza. No texto impreciso, iluminam o que eu gostaria dizer.
Palavras ainda invertebradas, escapam à minha sedução poeta.
Contraditoriamente, são minhas servas fieis; elas sabem que serão gastas, apagadas e muitas vezes descartadas.

Reconexões – Introdução – Parte 2

Existem pessoas que não creem que houve uma desconexão, acham que estamos vivendo hoje a melhor fase evolutiva do ser humano. Há pessoas que acham que nós de fato, evoluímos espiritualmente, mentalmente, psicologicamente, racionalmente apenas porque nós, hoje, fazemos parte da sociedade tecnológica, que é completamente suicida, altamente conectada pela tecnologia e completamente desconectada nas emoções e afetividades, capaz de trocar bilhões de informações mas que não consegue se comunicar com quem está ao lado.