Sem Barganhas com Deus – Caio Fábio – Dia 11

O convite de Deus a crer/confiar não está acompanhado de nenhuma garantia imediata de sucesso ou insucesso; crer não nos blinda dos insucessos da vida, das dores que são próprias do existir. Não crer também não implica em consequência prática e imediata na direção da morte. Se assim fosse, a barganha seria a essência do processo, a decisão na direção de Deus seria uma moeda valiosíssima e conveniente aos espertos segundo este mundo.

Sem Barganhas com Deus – Caio Fábio – Dia 10

Dessa forma, aprendemos que a primeira certeza fundamental que podemos ter na vida é a que afirma a inquestionabilidade dos buracos do caminho. Se tem uma coisa com a qual nos depararemos na vida são as injustiças, incongruências, espinhos e abrolhos. Quando nosso coração assimila isso, muitos pensamentos fantasiosos e muitas tentativas translocadas de explicação do caos humano na perspectiva da causa e efeito são imediatamente relativizadas.

Sem Barganhas com Deus – Caio Fábio – Dia 8

Os mais importantes dentro das comunidades exercem muito poder sobre os que estão na posição de leigos. Os membros da comunidade lhes deve a vida! Os membros precisam lhes informar onde andam, com quem andam, como se relacionam, precisam da benção pastoral para o seu casamento, precisam de unção para sua casa e carro novos (e a lista é interminável), afinal de contas, estão debaixo da proteção pastoral de seus líderes.

Sem Barganhas com Deus – Caio Fábio – Dia 8

E quando o evangelho se transforma em um "método correto de organizar adequadamente as informações da bíblia", cada grupo advoga para si a possessão da verdade, criando pacotes e sistemas fechados, fazendo com que aquele que é "doutrinariamente" diferente se transforme em um competidor/inimigo, apesar de na teoria os chamarmos de "irmãos". Um "olhar parcial" considera o outro "olhar parcial" como inimigo; não há visão integral/holística da realidade, não há convergência, tão somente a colcha de retalhos que nos define. O que passar disso é heresia condenável ao inferno.

Sem Barganhas com Deus – Caio Fábio – Dia 7

De certa forma, a moral presume que a Lei determinada pela maioria se tornou, pela sua prevalência, a Lei eterna de Deus. Talvez uma das passagens mais mal compreendidas é aquela que diz "o que ligarem na terra terá sido ligada no céu". É dessa forma que divinizamos nossas perversidades, condenamos o próximo aqui na terra como representação da suposta condenação dele no céu, e assim praticamos a maldade em nome de Deus e realizamos julgamentos condenatórios em nome do Eterno.

Sem Barganhas com Deus – Caio Fábio – Dia 6

Teologia é uma contradição em si mesma, pois se Deus coubesse em uma "logia" (lógica), ou seja, em uma sistematização de conhecimentos, Ele não seria quem Ele é! Teologia funciona muito bem com o ensino de Maomé, Buda e seus pares; Deus, todavia, não habita em templos feitos por mãos humanas, muito menos nas "caixas" e nos "pacotes" que construímos minuciosamente pra Sua morada.

Sem Barganhas com Deus – Caio Fábio – Dia 5

A literatura pode se transformar Lei-teira-tura, se agente não tomar cuidado. Essa é uma análise que precisamos fazer quando lemos livros, artigos, coluna de opinião e até mesmo as escrituras: entender que se há algo a ser internalizado como paradigma, pra se tornar nossa referência na vida, antes de qualquer coisa, precisamos "desmistificar" o texto entendendo-o dentro do seu contexto imediato.