Ir para conteúdo
Anúncios

Categoria: Reflexões em Áudio

#60 – Conselhos Precisam Ser Filtrados

Eu não tenho dúvidas de que quase tudo o que sai de nós, sejam palavras ou ações, representam com fidelidade os conteúdos que habitam o nosso coração. Pensando justamente nisso, precisamos tomar muito cuidado com os conselhos que recebemos dos outros, para verificar se são conselhos de sabedoria ou se simplesmente são projeções das inseguranças e traumas do conselheiro.

Anúncios

#59 – Problematizadores ou Pacificadores

Todos nós lidamos com situações desagradáveis todos os dias. A pergunta a fazer é: temos a postura de amplificar os efeitos negativos dos problemas ou somos capazes de facilitar a vida sendo pacificadores?

#58 – É preciso saber perder

É preciso saber ganhar, mas também é preciso saber perder! A dificuldade, a dor, a angústia só se transformam numa verdadeira derrota quando não sabemos perder, quando não exploramos os potenciais de crescimento existente em cada situação difícil e quando ampliamos ainda mais seu poder de destruição. 

#57 – O velho “pecado” da bebida alcóolica

O assunto “bebida alcoólica” ainda é bastante debatido nas rodas de conversa sobre o evangelho, e além de ser debatido ainda é um tabu, cercado de preconceitos e ignorância em relação à forma de Jesus lidar com esse tema. Nesse áudio, procuro trazer algumas informações e reflexões que visam ajudar no ampliamento da visão sobre esse assunto. 

#56 – Como é viver fora dos cercos religiosos

Algumas pessoas não conseguem nem imaginar a possibilidade de haver espiritualidade sadia fora dos cercos religiosos; alguns chamam essa tentativa de “evangelho light”. Mas, se pararmos para pensar nas recomendações de Jesus, enquanto esteve entre nós, embora ele tivesse todo um universo religioso para exemplificar o que é adorar a Deus, ele escolheu nos mostrar através de exemplos cotidianos simples e singelos, que o evangelho se pratica na vida e não em eventos religiosos.

#55 – Nenhum sinal será dado

Os fariseus pediram um sinal no céu a Jesus, mas Ele se recusou a atendê-los. Sem parar por aí, Jesus os chamou de “geração perversa e adúltera” justamente para mostrar que às vezes os nossos pedidos e desejos tem muito mais a ver com nossa maldade do que com o puro desejo de confiar em Deus. 

#54 – Será que realmente Deus é misericordioso?

Talvez, olhando para a sua própria condição, de inconstância, de erros diários, de fragilidade diante de situações de crise, se pergunte: Será que Deus é realmente misericordioso, ou o seu amor é algo que inventamos pra tentar nos livrar de nossas culpas pessoais?

#53 – Num momento covarde, num outro revestido de poder

Quando estava cercado pelos outros discípulos e por Jesus ele era corajoso, impetuoso, cheio de boas intenções, no entanto, sozinho, sem o poder psicológico dos ajuntamentos, era covarde e sem disposição de enfrentar as consequências dolorosas do seguir a Jesus.

#52 – Sabedoria nas Relações

Por isso, minha oração diária é essa: “Me ensine, oh Deus, a sabedoria de falar e de me calar, me dê força para que, quando falar eu haja com humildade e mansidão e, quando me calar, consiga suportar todas as implicações do meu silêncio”.

#51 – Julgar a vida do outro não é minha tarefa

Ontem, as redes sociais estiveram recheadas de comentários de todos os tipos, acerca da morte do físico e ateu Stephen Hawking; uns homenageando, outros tratando a respeito de seu destino eterno, fazendo julgamentos de toda natureza. Essa mensagem busca refletir a respeito do fato de que, julgar a vida do outro não nos é um chamado, nem nos foi dado essa autorização.

#50 – Assim creio sobre oração

Orar é um ato de intimidade e fé, pois é quando um coração se derrama sobre outro coração. A consciência de quem é Deus, determina a qualidade da nossa experiência de oração, visto que ela nunca deveria ser uma moeda de troca para tentarmos obrigar Deus a fazer aquilo que mataria a nossa humanidade. 

#49 – Dá pra melhorar a vida?

É possível que às vezes você se pergunte: É possível melhorar a vida? Diante do caos político, das crises financeiras, da falta de amor entre os humanos, da convivência com doenças e mortes de entes queridos, muitos de nós começa a desconfiar de que a vida é isso mesmo, só tem catástrofes, só irá de mal a pior. Será mesmo?

#48 – Jesus e a Religião

Todas as vezes em que falamos a respeito de Jesus logo pensamos imediatamente na ideia da religião de Jesus. Mas, você sabia que Jesus não veio fundar e estruturar uma religião? A religião, geralmente, vive em torno de si mesma, cria caixas de percepção tentando sempre encaixar seus adeptos nela. A religião tenta reduzir a espiritualidade dos fiéis aos redutos religiosos. Mas, o ensino de Jesus vai contra essas ideias, é expansivo, livre, leve e propõe uma nova consciência de viver.

#47 – Aprendi a viver em qualquer circunstância

Andar com Deus nos dá bagagem e recursos para enfrentar toda e qualquer situação, seja escassez, seja abundância. A vida é feito desse contraste, ora em lágrimas, ora regozijantes e cercados de boas notícias. O que nos define, no final das contas, não é a circunstâncias que estamos enfrentando, mas sim, o que Deus está fazendo em nós em meio a tal situação.

#46 – Paciência: Quem tem chega mais longe!

A paciência não é característica inata, pelo contrário, é desenvolvida na medida em que exercitamos nossa consciência de que quase tudo na vida se estabelece por processos. Nossa sociedade agitada e imediatista produz cada vez mais, pessoas impacientes e inquietas.

#45 – Quando sabemos que não perdoamos?

Uma das coisas que mais sabemos fazer é camuflar nossa realidade interior decadente. Disfarçamos nosso ódio, maquiamos nosso rancor, damos nova aparência e motivo à nossa indiferença. Quando é que sabemos que não perdoamos quem nos ofendeu?