Ir para conteúdo
Anúncios

Categoria: Reflexões em Áudio

#68 – O Jovem Rico e a Prática do Evangelho

É hora de sermos sinceros com a gente mesmos: O Evangelho de fato se instalou em nós, está interferindo em nós, de fato e de verdade? Ou nossas afirmações sobre fé são completamente desprovidas de significado essencial, por não estarem relacionadas à uma vivência relacional com Jesus e seus ensinos?

Anúncios

#67 – O nosso tempo na lida com as informações

Um mar de informações disponíveis! A democratização do acesso a informação nos colocou em contato com milhares de opiniões, pensamentos, vozes, antes silenciadas pelas limitações do tempo e do espaço. Como lidar com tudo isso? É sobre isso essa reflexão!

#66 – Jesus assentado num jumentinho

A entrada triunfal de Jesus em Jerusalém foi assentado num jumentinho. Isso mexe com nossa noção de sucesso, fama, glória, status social e com nossas preocupações acerca das expectativas dos outros ao nosso respeito.

#65 – A loucura de viver em estado de competição

Muitas coisas nesse mundo estimulam a competição, é como uma corrida para ver quem é o melhor, quem é mais virtuoso, quem é mais feliz, quem tem mais seguidores, quem tem mais sucesso, quem é mais popular, quem tem mais condições financeiras, quem está mais ajustado na vida. Segundo o evangelho de Jesus, todas essas coisas são vaidades, e não condizem com a proposta de viver em amor.

#64 – Antídoto contra a Ansiedade

A ansiedade estraga toda a beleza das experiências da vida. Comer, dormir, se relacionar, se divertir com ansiedade nos leva a suprimir valores preciosos que essas atividades tem em potencial de nos oferecer. O ansioso geralmente é catastrófico, ou seja, diante das primeiras adversidades já imagina que o fim está próximo.

#63 – Observe e Reaja

Aprender a ser um bom observador é garantir que a vida não vai passar desapercebida por nós. Há mensagens por toda parte: no comportamento das pessoas, nos sentimentos que fluem em nós diante de determinadas circunstâncias, na natureza, enfim, tudo está transbordando de ensinamento e de vida.

#63 – Facilitar é a palavra da vez

Como professor de informática, tenho percebido que “facilitar” é a palavra da vez quando o assunto é “o objetivo dos avanços tecnológicos”. Mas, a questão é: será que facilitar os processos é necessariamente uma coisa boa?

#62 – Eu quero confiar

Recentemente, Thalita e eu levamos Sophia na praça para que ela pudesse andar de bicicleta e essa experiência foi como uma parábola que trouxe algumas reflexões sobre a confiança que gostaria de compartilhar com você.

#61 – Sobre a hipocrisia

A hipocrisia é uma das formas de maldade mais prejudicial, tanto na vida do hipócrita, quanto sobre os que estão ao redor dele. Ela vem do cinismo, da mentira, do surto de superioridade, da falta de misericórdia e precisa ser tratada radicalmente em nossas vidas.

#60 – Conselhos Precisam Ser Filtrados

Eu não tenho dúvidas de que quase tudo o que sai de nós, sejam palavras ou ações, representam com fidelidade os conteúdos que habitam o nosso coração. Pensando justamente nisso, precisamos tomar muito cuidado com os conselhos que recebemos dos outros, para verificar se são conselhos de sabedoria ou se simplesmente são projeções das inseguranças e traumas do conselheiro.

#59 – Problematizadores ou Pacificadores

Todos nós lidamos com situações desagradáveis todos os dias. A pergunta a fazer é: temos a postura de amplificar os efeitos negativos dos problemas ou somos capazes de facilitar a vida sendo pacificadores?

#58 – É preciso saber perder

É preciso saber ganhar, mas também é preciso saber perder! A dificuldade, a dor, a angústia só se transformam numa verdadeira derrota quando não sabemos perder, quando não exploramos os potenciais de crescimento existente em cada situação difícil e quando ampliamos ainda mais seu poder de destruição. 

#57 – O velho “pecado” da bebida alcóolica

O assunto “bebida alcoólica” ainda é bastante debatido nas rodas de conversa sobre o evangelho, e além de ser debatido ainda é um tabu, cercado de preconceitos e ignorância em relação à forma de Jesus lidar com esse tema. Nesse áudio, procuro trazer algumas informações e reflexões que visam ajudar no ampliamento da visão sobre esse assunto. 

#56 – Como é viver fora dos cercos religiosos

Algumas pessoas não conseguem nem imaginar a possibilidade de haver espiritualidade sadia fora dos cercos religiosos; alguns chamam essa tentativa de “evangelho light”. Mas, se pararmos para pensar nas recomendações de Jesus, enquanto esteve entre nós, embora ele tivesse todo um universo religioso para exemplificar o que é adorar a Deus, ele escolheu nos mostrar através de exemplos cotidianos simples e singelos, que o evangelho se pratica na vida e não em eventos religiosos.

#55 – Nenhum sinal será dado

Os fariseus pediram um sinal no céu a Jesus, mas Ele se recusou a atendê-los. Sem parar por aí, Jesus os chamou de “geração perversa e adúltera” justamente para mostrar que às vezes os nossos pedidos e desejos tem muito mais a ver com nossa maldade do que com o puro desejo de confiar em Deus. 

#54 – Será que realmente Deus é misericordioso?

Talvez, olhando para a sua própria condição, de inconstância, de erros diários, de fragilidade diante de situações de crise, se pergunte: Será que Deus é realmente misericordioso, ou o seu amor é algo que inventamos pra tentar nos livrar de nossas culpas pessoais?