Ir para conteúdo

Categoria: Diário

O homem que não quero ser

Enrolado
Diz e não faz
Faz e não pensa
Pensa, mas nunca decide
Agenda Lotada
Não tem tempo
Sem descanso
Nada de contemplação

Luto

Como é difícil dizer adeus
Dói na alma, explode no peito
É como carne arrancada à força
É como dente cravado enquanto se sofre
Se despedir é acolher um buraco dentro de si
É receber a saudade, abraçar as lágrimas

Minha Oração

Que a arrogância e a cobiça não nos dominem ao ponto de perdermos de vista a generosidade e a humildade.
Que as pessoas ao nosso redor jamais sejam vistas como “meio” através do qual alcançaremos o nosso sucesso pessoal.
Que a fé que nos habita jamais morra diante das maldades que enfrentamos todos os dias.

Nasci em 86

Nasci em 86, vi o Brasil ser tetra e penta campeão, assisti Cavaleiros do Zodíaco, bati figurinhas na escola, joguei bulita, fazia a trave do gol com chinelo na rua, me diverti muito jogando betis, tive um computador IBM com 16 MB de RAM e drive de disquete de 3/6 polegadas, vi a mudança da moeda para o Real, torci pelo Zetti, Muller, Palhinha, Cerezo e Raí quando estavam em plena forma no São Paulo.

Partiu

Partiu
Foi embora
Pra outra dimensão
Portal aberto
Destino certo
Guardado no coração

Lamento

Lamento não ser tão forte quanto gostaria
Lamento repetir erros que não deveria
Lamento me permitir às vezes desequilibrar
Lamento praticar o mal que não queria realizar
Lamento me ver limitado à minha própria rotina

3 Músicas para Fevereiro de 2017

Nesse mar de informações, nessa era tecnológica, é um desafio enorme filtrar aquilo que pode de fato influenciar positivamente nossa vida. Muitos publicam a si mesmos cantando, tocando e gravando suas performances, mas, música de boa qualidade continua sendo algo que encontra apenas depois de muito procurar. Quero lhes indicar hoje 3 músicas que marcaram época na música popular brasileira e podem fazer parte da sua playlist nesse mês

10 Coisas que Aprendi Sobre Nossa Sociedade Brasileira (no geral)

1) Rotulam pelos erros e dão pouco peso aos acertos;
2) É hospitaleira, acolhe os imigrantes;
3) Gasta mais do que ganha (seja por má administração ou pra manter o status quo);
4) São amigos até os primeiros pontos de discordância aparecerem;
5) É criativa diante do caos.

Redescobrimento da Vida

Até poucos anos atrás, minha vida girava em torno de um determinado grupo limitado de pessoas, que representavam o meu gueto pessoal de convívio e de amizades. Tudo o que eu fazia fora dali tinha como objetivo de alguma forma acrescentar pessoas àquele grupo. As nuances da cidades me passavam desapercebidas, as esquinas, os bares, os points, as praças (especialmente à noite) me eram profanas e inexistentes como possibilidade de acesso. Cultura? Só a religiosa era importante! Aventura? Só dentro dos limites estabelecidos pelas regras do lado de fora!

Clausura

Escuro
Apertado
Trancado
Sozinho
Abandonado
Vazio
Sem ar
Sem luz
Sem som

Pecado: uma outra perspectiva

Suponho que a maioria das pessoas que nasceram no Ocidente da terra possui uma explicação, gravada no coração, sobre o que é pecado. Pra muitos essa palavra é extremamente forte por duas razões: primeiro, porque ela significa desobedecer a Deus, e muitos associam isso à cobranças morais e religiosas; segundo, porque para outros ela foi usada como forma de repressão, imposição e “estupro” da alma e, como reação à essa violência em nome da fé e de Deus, esses vão dizer que não existe pecado, de que isso é história da carochinha, invenção humana para manipular os outros.

10 Coisas que Aprendi sobre Ser Pai

A alegria e o entusiasmo singular que envolvem o nascimento do filho precisam de manutenção diária, principalmente no processo doloroso de educar, corrigir e apontar caminhos que em determinada fase da vida, o filho não está disposto a aprender.

10 Coisas Que Aprendi Sobre Computador e Internet

É um caminho aparentemente sem volta, é preciso se educar para formar as futuras gerações.
Revolucionou a vida humana democratizando e facilitando o acesso a informações que a maioria nem sonhava em obter.

Um detalhe

​Fazemos tantos planos
Imaginamos o futuro
Com quem nos casaremos
Quantos filhos teremos
Que faculdade escolheremos
Mas basta um detalhe
Um trupicão e tudo muda
Um erro de cálculo e a vida cessa

Vantagem?

Vou vender o carro
Não vou falar dos problemas
Vou tirar vantagem
Meu negócio é lucro
Lucro?
Vantagem?

Simplicidade

Era uma vez um ‘sinhô’
Uma espécie de homem sonhador
Com uma baita esperança implacável
De construir uma sociedade mais saudável
Que aprecie a arte com amor