Ir para conteúdo
Anúncios

Categoria: Diário

O Galo Canta #1 – Cair em Si

Pensava que eu era forte
que seria capaz de morrer pela causa do amor
mas, uma serviçal evocou um medo outrora escondido
e o neguei com todas as minhas forças
Não o conheço, não cumprirei a minha promessa!
O galo canta… Que bom que o galo cante…
Quando as máscaras caem
quando o eu fracassado vem à tona

Anúncios

O que significa ter comunhão?

Segundo o dicionário informal online, comunhão significa: 1- Ação ou efeito de comungar; 2- Ato de realizar ou desenvolver alguma coisa em conjunto; 3- Harmonia no modo de sentir, pensar, agir; identificação; 4- em que há união ou ligação; 5- compartilhamento.
Em tempos de comemorações natalinas pensar em comunhão vai de encontro com a cultura do nosso país, onde as pessoas se reúnem para ceias, visitam parentes, trocam presentes, demonstram afeição, carinho, cuidados, fazem votos de dias melhores umas pras outras, se abraçam, se beijam e atualizam as notícias.

90º Sarau Solidário

O Sarau Solidário de Presidente Prudente SP acontece em todo terceiro sábado de cada mês e é incrivelmente apaixonante. É um mergulho no oceano dos corações que poetizam seus sentimentos, experiências e vivências. Impossível não se identificar com o universo que nos é apresentado ali. Uns com música, outros interpretando textos, contracenando, outros ainda, pintando, as possibilidades são infinitas!

Viva!

A vida é cheia de ciclos
Inícios e fins
Um após o outro
Enquanto a gente amadurece e cresce
Enquanto o tempo se esvai por entre os nossos dedos
A vida é cheia de dilemas
Crises e tabus
Morais e éticos
Enquanto a vida aprende a viver
Enquanto o olhar das pessoas ainda molda nossas decisões

Há motivos pra desanimar?

Há motivos em sua vida pra desanimar? Você consegue elencar razões pra entregar os pontos e jogar a toalha no ringue da vida? Eu sei que você tem, mas apesar disso, considere também as benesses, as bênçãos recebidas, os apoios oferecidos, os privilégios conquistados, as boas oportunidades de virar o jogo que estão diante de você! Tenha esperança, não há nada que não possa ser revertido em bem de alguma forma, mesmo que seja uma doença incurável, essa situação pode te tornar um ser humano melhor, e você pode levar dessa vida um caráter desenvolvido, experiências de amor além de amizades verdadeiras.

Há tempos e tempos

Você tem tempo para as coisas essenciais da vida?
Você tem tempo para…
Você tem tempo?
Tempo?
Todos temos 24h. por dia
Para o que está no leito do hospital o tempo parece sem pressa, tranquilo, lento até demais
Para o que tem mil coisas pra fazer, mil lugares pra estar, mil pessoas pra encontrar o tempo corre, aliás ele voa na velocidade da luz.

Separação

De repente, o que antes era cheio de fé se mostrou incrédulo
É como se a máscara caísse e o monstro viesse à tona
É possível conviver com sinceros falhos, mas não com demônios disfarçados
Mas, o tempo tratou de descobrir o conteúdo oculto, isso foi fatal
De repente, a satisfação de estar junto deu lugar à crise e à falta de sentido
Não encaixava mais, não havia mais sabor, ficou intragável
A sobriedade enlouqueceu, a joia se revelou bjouteria, o inestimável ficou barato
A claridade do dia deu lugar à tempestuosidade da noite, isso desesperou

O deus criado pelos homens

Na espiritualidade um fenômeno semelhante acontece: o ser humano cria divindades para satisfazer sua própria vontade! É nesse viés que o comércio da fé acontece: promete-se bênçãos infinitas, faz-se campanhas pela casa própria, apela-se convencendo as pessoas de que deus está ali para servi-las, para trazer o amor perdido de volta, para interromper a crise financeira, para satisfazer os desejos mais vis que elas possam possuir, é claro, sempre tendo o dinheiro como moeda de troca, fazendo barganhas com a divindade.

E se eu me isolasse?

Embora hajam momentos na vida em que o isolamento proposital é um ótimo exercício para reflexão, meditação, introspecção e avaliação pessoal, por outro lado, não há desenvolvimento do ser, do caráter, sem um envolvimento real e profundo com as pessoas que nos cercam. Não falo de “coleguismo”, de “oi e tchau”, falo de relacionamentos significativos.

E se fosse o fim?

Mas, e se o fim estivesse mais próximo do que imaginamos? E se uma notícia nos trouxesse a realidade de que não dá tempo nem sequer de completar um terço de nossas missões? E se fosse o fim de nossa vida nessa terra? Qual o tamanho do vazio que isso traria ao nosso coração? Em que escala a gente se afundaria em tristeza e desespero?

A foto, o vídeo, a web e a vida!

Trocamos o futebol na rua pela segurança do jogo de futebol virtual, substituímos o “cara-a-cara” pelo “cara-na-tela”, o toque físico (beijo, abraço, aperto de mão) pelo toque no smartphone, ao invés de conhecermos novas pessoas preferimos “adicionar aos amigos”, será que foi uma boa troca? Nunca estivemos tão ansiosos, depressivos e imaturos emocionalmente como nos dias atuais, pouco a pouco nossa vida vai se tornando virtualizada, artificializada, mecanizada, pouco a pouco vamos nos afogando no mar de informações (web) de tal forma que as únicas informações que realmente são relevantes vão sendo esquecidas, reduzidas ao nada.

O avião em queda e a tendência humana

Vejo essa gravidade existencial dentro de mim, essa tendência de querer sempre o que me é proibido, exagerar naquilo que é prazeroso, não fazer gestão da vida com equilíbrio afim de promover a paz interior e exterior. As vezes, uma situação simples como ter um saquinho de amendoim em cima da mesa de trabalho já um desafio comparável aos Jogos Olímpicos; tentar não comer tudo é como domar um leão!