Ir para conteúdo
Anúncios

Categoria: Amigos Mais Chegados

Temporal

Temporal tem tempo
Tem hora
Tem pressa
Tem “voz”
Tem luz
Tem surpresas

Anúncios

Natal é Amor

Hoje é dia de Natal! Que alegria, que festa! Trago alguns dos amigos pra mesa, mesmo os que moram longe, eles moram antes de tudo no meu coração. Trago-os para a mesa virtual do blog Caminhante Aprendiz, para que cada um reparta o seu pão entre todos, e juntos saiamos dessa experiência saciados.
Natal é amor, é Deus se tornando homem pra viver entre nós e mostrar o tipo de gente que devemos ser. Então pergunto à roda de amigos, o que é amor?

O gesto gratuito

É gentileza
Um sorriso aberto
O olhar de ternura
A mão estendida
A mão acenando
Sim senhor
Muito obrigado
Seria possível…
E tudo tão simples

Não Te Amo Mais

Percebi que o amor correspondido
Pelo namorado, homem, marido,
Que ama sua pareceria fiel.
Não vê barreiras a sua frente
Ama louco e desvairadamente,
Numa eterna lua de mel.
Entretanto, fiquei decepcionada,
Senti-me completamente machucada

Estou desviado

Estou desviado de todos os caminhos que criaram para se chegar a Deus, da manobra das mentes, do engano, do roubo, do jogo psicológico-emocional e de tudo aquilo que chamam de Deus sem o ser.
Estou desviado e queria que muitos como eu também se desviassem. Estou desviado, repito! Estou desviado disso tudo e de muito mais, mas volto diariamente para Cristo, pois é isso que a Bíblia me diz que é o Caminho.

O que significa ter comunhão?

Segundo o dicionário informal online, comunhão significa: 1- Ação ou efeito de comungar; 2- Ato de realizar ou desenvolver alguma coisa em conjunto; 3- Harmonia no modo de sentir, pensar, agir; identificação; 4- em que há união ou ligação; 5- compartilhamento.
Em tempos de comemorações natalinas pensar em comunhão vai de encontro com a cultura do nosso país, onde as pessoas se reúnem para ceias, visitam parentes, trocam presentes, demonstram afeição, carinho, cuidados, fazem votos de dias melhores umas pras outras, se abraçam, se beijam e atualizam as notícias.

Alma Que Corre

Alma porque estás tão apressada
Porque corres assim?
Calma esse tempo logo passa
E você volta a sorrir
Calma
Não precisa sucumbir
Calma
Não precisa sucumbir

Quando a vida diz sim à vida

Se por algum capricho
Ou por compromisso
Por algum feitiço
Ou por artifício
Ou sem nada disso
Mesmo assim!
A vida diz à vida que sim.
Com muita estranheza
Sem muita clareza
Sem a ter a certeza

Destruir Mitos para Reacender uma Paixão

Hoje em dia, a moda é a incredulidade. Descrer dos fatos, da história, dos contos, das verdades intrínsecas; descrer da amizade, do amor recíproco, da caridade e da justiça, dos relacionamentos; da política, da economia, da religião etc.; a moda é descrer ao ponto de destruir os valores advindos desses, levando-os a estaca zero, sem ao menos repensar a primazia destes para a sociedade e a vida. ‘Quase sempre’ essa crise de valores sobrecarrega as pessoas e as tonam menos vivas em si e mais manipuladas e subjugadas.

Desejos

foco sua foto
viajo na história
sopra a memória
o prazer que ‘inda não dei
trato seu retrato
meu tapete mágico,
em mil e uma noites
que nem sei

Sob asas frágeis

Sob asas frágeis me arrisco em voos altos
Com apenas uma certeza…
O cair pode ser consequência das minhas escolhas,
Mas, o levantar é a decisão consciente da minha fé.
Fé que me faz acordar, sentir medo…
Medo que me move, me desafia e dá sentido à vida
Vida que precisa de ar!
Esse ar que às vezes sufoca, às vezes alivia, às vezes me falta…

Feliz Natal

Feliz Natal é o pão do Céu se tornando Pão da Vida.
Feliz Natal é o pão do Céu se tornando Pão da Humanidade repartido na mesa de todos os seres humanos em todo Universo.
Feliz Natal é o Eterno se repartindo com todos os seres humanos pra que nunca falte pão na mesa de ninguém.

Amor de Deus e o ódio humano

Deus é e sempre foi amor, o ser humano tem costume de chamar de amor aquilo que se encaixa em seus gostos pessoais, nós amamos por interesses, e quando não existe nenhuma troca em jogo como barganha simplesmente deixamos de amar, não é a toa que se diz que o amor tudo sofre, tudo crê, tudo espera , tudo suporta. Deus nos amou primeiro. Amor é se doar para quem não tem nada pra lhe dar em troca, amor é tirar do nada pra existência.

Intimidade

Intimidade sempre fragiliza e vulnerabiliza.
Intimidade expõe a nudez.
Intimidade deve ser rara.
Intimidade é tesouro.
Intimidade não se negocia.
Intimidade não se impõe, se conquista.
Intimidade quando banalizada, fere e desaparece.
Intimidade leviana envergonha.

Vê se aparece

Vê se aparece
Andaste muito ausente
E já não há mais ar o suficiente
No mundo terrestre.
Vê se não desaparece.
Vê se descansa
O nervosismo não é amigo de ninguém.

Larguei a religião…

Me desvencilhei de todo esforço para se achegar a Deus, parei de tentar provar que eu era digno e entendi que a graça fez isso por mim por um ato de amor que não me coube entender, mas aceitar. Como diz certo homem de Deus, durma com esse barulho ecoando na sua cabeça.