No dia da minha partida

Ao redor daquilo que representou meu ser

Agora sem expressão, sem sorriso

Pálido, sem reação, sem som

Que digam sobre mim:

Ali está um homem que experimentou o amor

E mergulhou nele

E se embriagou nele

E fez dele sua veste

Seu norte

O motivo da sua canção

Quem foi ele?

Um pecador, sem dúvida

Há várias testemunhas de suas falhas

Ele se excedeu

Idealizou demais

Sonhou demais

Foi injusto algumas vezes

Mas tentou…

Tentou não ser só isso

Tentou sorrir em meio a tempestade

Tentou amar em meio a maldade

Tentou perdoar em meio a vontade de se vingar

Tentou ser coletivo em meio ao egoísmo que lhe habitava

Tentou agregar em meio aos desencontros

Tentou ser útil em meio às inutilidades

Tentou ser unir, esclarecer, consolar, ser gentil

Tentou ser sincero

Pelo menos tentou…

Foi vilão… foi herói

Foi estrofe… foi refrão

Poetizou, polemizou, ironizou, criticou, pregou, cantou, recitou…

Quem foi ele?

Quem foi?

E foi…

Fui…

Rodrigo Campos
Um Caminhante Aprendiz

Onde você me encontra?
Twitter: @caminhaprendiz
Facebook: /caminhanteaprendiz
Youtube: bit.ly/caminhanteaprendiz
Instagram @caminhanteaprendiz
E-mail: rodrigoaccampos@hotmail.com
Whatsapp: 18-997358253

Ouça a Web Rádio Caminhante Aprendiz através dos links abaixo:

Contribua com a manutenção do Blog e da Web Rádio Caminhante Aprendiz e receba como gratidão, aulas em diversas áreas do conhecimento:



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: