Jesus diz: “venha comigo!” Essa frase reflete muito bem a relação de Deus com a humanidade, pois ela não comunica “um Deus distante dando mandamento aos homens”, ela indica uma proposta de parceria, de amizade, de “casamento”, de andar lado a lado. Seguir a Jesus é viver uma experiência essencialmente a dois (você e Ele) e a partir dessa jornada, há o exercício de se juntar a outras milhares de pessoas que estão no mesmo caminho. Sozinho (sem Ele) não somos capazes nem mesmo de obedecê-lo. Mas, se andarmos Nele, não há limites para o “tamanho” do amor que podemos nos tornar (por causa Dele, pra Ele e Nele).

Rodrigo Campos
Um Caminhante Aprendiz

Onde você me encontra?
Twitter: @caminhaprendiz
Facebook: /caminhanteaprendiz
Youtube: bit.ly/caminhanteaprendiz
Instagram @caminhanteaprendiz
E-mail: rodrigoaccampos@hotmail.com
Whatsapp: 18-997358253

Ouça a Web Rádio Caminhante Aprendiz através dos links abaixo:

Contribua com a manutenção do Blog e da Web Rádio Caminhante Aprendiz e receba como gratidão, aulas em diversas áreas do conhecimento:

8 comentários

  1. Ele não fundou nenhuma religião, não instituiu nenhum manual de catecúmenos, nem estabeleceu qualquer catecismo impositor. Pelo contrário Ele nos convida a caminhar, a seguir, a trilhar o mesmo caminho, a mesma estrada existencial, o rumo do novo, a boanovização do existir. Segue-me, continua sendo o convite, não o imperativo mandamental….

  2. O texto nos ensina que é preciso andar com Jesus .
    Ama-lo e ter o desejo ardente de segui-lo não nos basta.
    É preciso buscar um espírito de humildade e assim sermos capazes de reconhecer que nada acontece por nossas forças. Precisamos estar sempre baseados no ensino de Jesus e isso vai nos exigir muita prática, paciência, perseverança e muito ,muito amor❤️

  3. Servi- lo e obedece- lo é uma processo contínuo…e a grande libertação é do jugo q a religião impunha em nós…e nos frustravamos com nossas “fraquezas ” quando na verdade , a proposta do Evangelho é apenas segui- lo que Ele é quem nos transforma…Gratidão por estarmos a cada dia aprendendo a seguir somente a Jesus e não a doutrinas religiosas. É uma caminhada em fé e graça…Ele é o nosso guia.

  4. Essa tentativa de agradar a Deus com nossa obediência é doentia, altamente frustrante e nos coloca num viés contrário à oferta de Jesus: vida abundante!
    Em Jesus, Deus se agrada de nós. Está feito.
    Saber-se aceito é o que nos transforma!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: