Página 46 a 50

O livro de Eclesiastes é simplesmente fascinante! Ele descreve as observações de alguém que não tem desculpas a dar, nem teologias a criar, nem barganhas a fazer. A vida nua e crua aparece sem pudor, sem manipulações, com suas perguntas não respondidas, suas injustiças não resolvidas, seus dessabores mal assimilados. Esse é um dos motivos pelo qual esse livro é tão pouco utilizado nas mensagens de hoje em dia, ele esmagadoramente coloca nossos pés no chão difícil da realidade. No Eclesiastes não há espaço para fantasias, ilusões ou fabricações Walt Disneyanas.

Eclesiastes é a melhor resposta à Jó em seus dias de aflição, muito melhor do que as proposições de seus amigos que buscaram pela lógica da “causa e efeito” o motivo da sua desgraça e sofrimento. Eclesiastes destrói essa lógica a respeito da vida introduzindo um sem número de injustiças, desordens, caos e dessabores típicos da realidade da vida.

E aí? O que achou da leitura dessas páginas desse livro? Deixe seu comentário com suas percepções logo abaixo!

3 comentários

  1. A direção que a leitura tem me levado é de saber se observar, enxergar o ponto que precisamos de mais atenção.
    Nossas cobiças são mesmo relevantes para nós? Posso de alguma maneira me perder nelas? O que eu quero pra mim? É pra mim mesmo, ou é para mostrar aos outros?
    Aprender ver o livro de Eclesiastes com a ótica de me fazer mergulhar dentro de mim mesmo será uma experiência inesquecível 🙏

  2. “O que traz felicidade na vida é viver”…

    Me lembrei do livro que lemos antes, “quando a vida é uma bobagem”…

  3. Aprendemos muito com a leitura de eclesiastes. O como se dá a vida e seus processos inclusivos e dinâmicos em nosso caminho.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: