Página 5 a 7

É triste constatar que “viver é sofrer” em muitas dimensões. A gente nasce chorando e parte desse mundo através de alguma dor. O sofrimento continua nos acompanhando durante cada fase e processo da vida. Dói para o lado de dentro e dói para o lado de fora.

Dói nos relacionamentos, pela incompreensão, nas rixas, nas disputas, na falta de comunicação, dói por causa dos julgamentos, das ofensas, da falta de paciência, da carência, da manipulação. Dói e marca. Dói e cria-se um ponto de latência. Dói e nos dificulta de lidar com as demais áreas da vida com sobriedade. Dói e nos condiciona. Dói e muda nosso olhar. Dói e machuca!

Mas graças a Deus “o sacrifício” aconteceu! Ele decidiu levar a nossa dor.

E aí? O que achou da leitura dessas páginas desse livro? Deixe seu comentário com suas percepções logo abaixo!

4 comentários

  1. Infelizmente, viver dói… Estamos cercados de espinhos e abrolhos. Sofrimento de todos os lados.

    Confesso que ainda estou aprendendo a pacificar o meu coração em relação a essa realidade: apesar de Jesus ter levado sobre si todas as nossas dores e doenças, não estamos brindados de doenças, acidentes, violência etc (como me foi ensinado na igreja, citando por exemplo o Salmo 91).

    Ansioso pelas próximas páginas.

    1. Já nascemos chorando, a vida nos traz dores, mas Cristo levou com Ele na cruz todas nossas chagas.
      Viver bem em toda e qualquer situação é a confiança que tudo passa!
      E sobre essa ótica o espírito descansa no Senhor!

  2. Cristo Jesus nosso somos vencedores dos cardos e Abrolhos da nossa p nossa penosa vida na Terra. Cristo Jesus recebeu o maior espinho na carne de todos aporte na cruz. Entendo que por mais que nós estejamos passando por um momento difícil tudo vai passar. Pode ser o problema que for a situação que for se eu confiar em Deus e no seu amor tudo vai dar certo. Por mais que o espinho na carne brilha doer e arder. Tudo vai dar certo.

  3. Viver implica em sofrer. Porque dói. Mas, embora doa, viver não é apenas sofrer, no entender dos que advogam a causa de Sidharta Gautama. Um dia seremos redimidos, como toda a natureza, que suporta angústias até agora…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: