Aonde esta você em mim, que some?
Que pinta parte dos meus sonhos e esconde os meus pincéis.

Que escolhe em permissão as cores..
Assina o seu nome..
E desprezando as minhas dores.. me oferece flores..
Mas me tira o lúgubre negrito dos meus sentidos mais fiéis.

Os meus pincéis? Que pintam versos?
Delicados, tem cuidados..
Bem como exagerados, eu confesso!
Desacertam e acertam..
Pois antes fazem um esboço em excesso..
Encontrando os teus sentidos mais imersos.

Aonde está você em mim, que eu pinto?
Está no sonho de um amor sereno.
Está no traço dividido..
Pele! Pleno!
Está nas cores de um instinto tão faminto..
Tão sincero..
Que eu me desculpo, mas espero..
O seu pincel mais escondido.

Marlus da Rocha Netto
marlusnetto@globo.com

Escrito por Rodrigo Campos

Um caminhante que está disposto a aprender com os erros e acertos, refletindo quais são as verdadeiras importâncias da vida e sua essência!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: