Eu sou chorão, confesso. Não me seguro quando vejo alguém emocionado, quando deflagro alguém superando suas limitações ou mesmo agindo de uma forma inesperada para o bem. A sensibilidade da gente pode ficar cauterizada com o passar dos anos, visto que vamos criando autodefesas para não nos envolvermos emocionalmente com as pessoas e suas situações. Para muitos ser sensível é sinal de fraqueza, ser empático ao outro é sinal de imaturidade. Não creio nisso! Fraco é quem se tornou tão alheio ao outro ao ponto de que nada mais lhe comove, fraco é quem se permitiu blindar da vida e seus mistérios, é quem escolheu o caminho mais fácil de ignorar tudo o que potencialmente nos coloca em contato com a beleza da vida. Chorar com os que choram e se alegrar com os que se alegram é um convite a viver de verdade!

O amor é a melhor saída. Ele não deixa você se ensoberbecer e também te impede de se vitimizar. O amor ensina o tempo de se aproximar e o tempo de se afastar, momento de dizer sim e a hora de dizer não. Amar é incluir empatia, misericórdia, sensatez e verdade como background das ações e motivações. Todas as pessoas que eu admiro viveram a partir do amor!

Cuidado, frágil
Uma palavra equivale a uma explosão
Caco pra todo lado
Basta um toque e tudo se desfaz
Lágrimas rolam, machucado sangra
Cadê tua força? Ainda não a descobriu?
Até quando ficará a mercê dos ventos dos desequilibrados?
Não será hora oportuna de aprender a se proteger?
Vai ficar sempre esperando uma força exterior?
Está tudo aí, reflita
O que o outro diz ou faz mostra quem ele é, não você!
O que você faz com as pedras atiradas contra ti mostra sua fé…
Não se permita atingir, construa pontes
É hora de cicatrizar e deixar o passado para trás
Novo homem, nova mulher
Nova humanidade escrita a partir da coragem e não do medo
Porque viver escondido, acuado, sem expressividade, num casulo
A jaula não pode ser sua casa, você tem asas pra voar
Como um humano restaurado, resignificado, em novidade de vida
Que não se define pelas invasões violentas do outro
Mas que cresce e amadurece pela consciência que adquire
Pelo amor que o alcança, pela graça que o abraça.

Me sinto bem, disposto, pronto para os desafios de 2020, aberto às adaptações que precisarei fazer, ciente de que haverão dias tranquilos e calmos, mas também haverão chuvas e tempestades. Guardo comigo a certeza Daquele que disse: “estou contigo até a consumação do século”, e jamais me esqueço da mensagem peremptória de minha esposa: “estou ao seu lado não importa o que aconteça”. E assim caminho…

Tenho pra mim que viver é mais do que respirar, ter um emprego, cumprir funções sociais e se localizar em um seio familiar. Viver é se encantar, é se descobrir, é se conectar, é se apaixonar, é se aventurar, é se arrepender, é se transformar, é resignificar, é poetizar, é cantar a plenos pulmões, é inovar, é comungar, é comunicar, é amar. Viver é tomar banho de chuva, é se divertir e se sujar no barro, na areia, no mato, é contemplar reverentemente a grandeza, a excelência, a perfeição, a criação. Viver é dançar, é abraçar, é coabitar, é se deixar voar, é mergulhar no outro, é trabalhar com entusiasmo, é fazer alguém feliz! Viver é muito mais que sobreviver.

Rodrigo Campos
Um Caminhante Aprendiz

Onde você me encontra?
Twitter: @caminhaprendiz
Facebook: /caminhanteaprendiz
Youtube: bit.ly/caminhanteaprendiz
Instagram @caminhanteaprendiz
E-mail: rodrigoaccampos@hotmail.com
Whatsapp: 18-997358253

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: