Ir para conteúdo
Anúncios

Tag Inéditos #1 – Uma Nova Chance para o Sr. Doubler (Seni Glaister)

Acabei de ler “Uma Nova Chance para o Sr. Doubler”, de Seni Glaister e adorei a experiência! Havia feito o propósito de ler 3 capítulos por dia para ler o livro todo em 13 dias, mas simplesmente o terminei com menos de 7 dias (380 páginas). Essa velocidade não foi fruto da pressa ou do foco na meta que estabeleci, ela foi fruto da leveza da narrativa, da psique dos personagens e do envolvimento com a trama, que é de apaixonar.

Sou professor de informática de pessoas idosas há muitos anos e portanto, conheço bem a realidade de pessoas que se sentem desatualizadas, com problemas familiares, precisando se reinventar na vida e restaurar a alegria de viver. O grande milagre desse romance foi justamente a reviravolta na vida do Sr. Doubler, um idoso com péssimas relações familiares, sem amigos, isolado, focado em um objetivo um tanto egoísta que acaba afetado por uma situação incontrolável que o “obriga” a se refazer. O amor vence no final!

O amor é a força que o catapulta a se levantar do sono existencial, “fazer a cama”, se levantar e se colocar diante de um novo caminho. Novo caminho esse que envolve aprender a lidar com pessoas diferentes, com ambientes diferentes, vencer preconceitos, fazer interferências de amor dentro dos espaços que foi conquistando aos poucos e, principalmente, reaprender a aprender!

Esse livro é um convite a reflexão! Refletir a sociedade e suas convenções, pensar as expectativas humanas, analisar os próprios sentimentos e história, e mais ainda, refletir formas de superar o passado adquirindo uma nova perspectiva sobre o presente e esperança de futuro.

O capítulo 35 me marcou negativamente. A pobreza de espírito de Julian (filho de Doubler) me trouxe tristeza, revolta, mal-estar e um quase vômito. Sentimentos estes que foram levemente abrandados quando Sr. Doubler, pela primeira vez na vida, o confronta com palavras ásperas como quando disse “[…] isso é uma completa lorota, Julian […]”, ou mesmo “[…] você é um merdinha [..]”.

Quero reproduzir uma das falas mais intensas desse capítulo: “[…] Acho que falhei como pai. Tudo que consegui foi criar uma mulher que não ousa dizer uma palavra, por medo de decepcionar quem está ao seu redor, e um desgraçado que tenho vergonha de chamar de filho […]”. Por fim, a ambiguidade do desfecho do livro é intrigante e consolador ao mesmo tempo. O que será que aconteceu à Sra. Millwood? Teria sobrevivido ao pedido de casamento? Não sei! Só sei que nem a vida, nem a morte seriam capazes de impedir a felicidade dos dois a partir daquele momento!

Ficha Técnica:

Título em Inglês: Mr. Doubler Begins Again
Ano: 2018
Páginas: 382

Rodrigo Campos
Um Caminhante Aprendiz

Onde você me encontra?
Twitter: @caminhaprendiz
Facebook: /caminhanteaprendiz
Youtube: bit.ly/caminhanteaprendiz
Instagram @caminhanteaprendiz
E-mail: rodrigoaccampos@hotmail.com
Whatsapp: 18-997358253

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: