Ir para conteúdo
Anúncios

Estalos de Leitura #22 – Rafael de Campos

Parafraseando a poetisa Lya Luft, em tempos de luto (seja qual for) mude as coisas de lugar. Deixe, de alguma forma, o sol entrar pelos ambientes. E que o pôr do sol seja [ou possa ser] “o primeiro sinal de que ainda” estamos vivos. RCampos… *poema 25 da composição “O Lado Fatal”.

um pouco

Em todos os corações, “o diálogo” deveria ter/ser um ‘espaço’ absurdamente amplo – sim! o diálogo que quebra as barreiras no intuito de cruzar as fronteiras, compartilhar experiências… Não precisamos nos sentir cômodos frente as “diatribes” – elas, normalmente, nos querem sujeitos e subjugados a uma posição centrípeta, uniforme e sem complexidade.

Não tem como acreditar num futuro quando tudo é desacreditado no presente. Se não há uma geração credível, muito menos um futuro.

“Todo mundo tenta provar que eu estou enganada. Ninguém percebe meu verdadeiro erro. O MAL não pode ser simultaneamente banal e radical. O MAL é sempre EXTREMO. Jamais radical. O BEM é sempre profundo e radical”.
#HannahArendt – entrevista

Somos seres intrigantes e cheios de dúvidas. Kant já nos definiu como aqueles que perguntam o que não conseguem responder. Por isso inventamos (ou nos apossamos) a metafísica. Os temas existenciais – àqueles que circundam nossas vidas – não passam de leitmotiv: 1) num sentido melódico, tentamos harmonizar a vida entorno de assuntos como a existência divina ou a liberdade; 2) num sentido senso-comum, fazemos dessas ideias parâmetros insistentes da veracidade do sentido existencial. Mas, a verdade mesma, seja mediante a fé ou a razão, é que nunca poderemos possuir uma imagem, uma aparência, um simbolismo cultural ou provas concretas das nossas dúvidas existenciais primordiais, essas que cerceiam nossa busca por um sentido nessa vida.

16 de Agosto – Dia do Filósofo e da Filósofa 🦉Que os questionamentos alterem, pra melhor, toda ordem (pré)estabelecida… que perguntas bem articuladas revolucionem o que está posto… que a boa ironia juntamente com o bom diálogo seja plural e comum nos ambientes sociais e instituições políticas.

Rafael de Campos
elfaracampos@hotmail.com
Rafael de Campos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: