Ir para conteúdo

Bíblia Toda em 1 Ano – Dia 13/07 – Provérbios 4-6 – NVI

Provérbios 4

Ouçam, meus filhos, a instrução de um pai; estejam atentos, e obterão discernimento.
O ensino que lhes ofereço é bom; por isso não abandonem a minha instrução.
Quando eu era menino, ainda pequeno, em companhia de meu pai, um filho muito especial para minha mãe,
ele me ensinava e me dizia: “Apegue-se às minhas palavras de todo o coração; obedeça aos meus mandamentos, e você terá vida.
Procure obter sabedoria e entendimento; não se esqueça das minhas palavras nem delas se afaste.
Não abandone a sabedoria, e ela o protegerá; ame-a, e ela cuidará de você.
O conselho da sabedoria é: procure obter sabedoria; use tudo que você possui para adquirir entendimento.
Dedique alta estima à sabedoria, e ela o exaltará; abrace-a, e ela o honrará.
Ela porá um belo diadema sobre a sua cabeça e lhe dará de presente uma coroa de esplendor”.
Ouça, meu filho, e aceite o que digo, e você terá vida longa.
Eu o conduzi pelo caminho da sabedoria e o encaminhei por veredas retas.
Assim, quando você por elas seguir, não encontrará obstáculos; quando correr, não tropeçará.
Apegue-se à instrução, não a abandone; guarde-a bem, pois dela depende a sua vida.
Não siga pela vereda dos ímpios nem ande no caminho dos maus.
Evite-o, não passe por ele; afaste-se e não se detenha.
Pois eles não conseguem dormir enquanto não fazem o mal; perdem o sono se não causarem a ruína de alguém.
Pois eles se alimentam de maldade, e se embriagam de violência.
A vereda do justo é como a luz da alvorada, que brilha cada vez mais até à plena claridade do dia.
Mas o caminho dos ímpios é como densas trevas; nem sequer sabem em que tropeçam.
Meu filho, escute o que lhe digo; preste atenção às minhas palavras.
Nunca as perca de vista; guarde-as no fundo do coração,
pois são vida para quem as encontra e saúde para todo o seu ser.
Acima de tudo, guarde o seu coração, pois dele depende toda a sua vida.
Afaste da sua boca as palavras perversas; fique longe dos seus lábios a maldade.
Olhe sempre para a frente, mantenha o olhar fixo no que está adiante de você.
Veja bem por onde anda, e os seus passos serão seguros.
Não se desvie nem para a direita nem para a esquerda; afaste os seus pés da maldade.

Provérbios 4:1-27

Provérbios 5

Meu filho, dê atenção à minha sabedoria, incline os ouvidos para perceber o meu discernimento.
Assim você manterá o bom senso, e os seus lábios guardarão o conhecimento.
Pois os lábios da mulher imoral destilam mel; sua voz é mais suave que o azeite,
mas no final é amarga como fel, afiada como uma espada de dois gumes.
Os seus pés descem para a morte; os seus passos conduzem diretamente para a sepultura.
Ela nem percebe que anda por caminhos tortuosos, e não enxerga a vereda da vida.
Agora, então, meu filho, ouça-me; não se desvie das minhas palavras.
Fique longe dessa mulher; não se aproxime da porta de sua casa,
para que você não entregue aos outros o seu vigor nem a sua vida a algum homem cruel,
para que estranhos não se fartem do seu trabalho e outros não se enriqueçam à custa do seu esforço.
No final da vida você gemerá, com sua carne e seu corpo desgastados.
Você dirá: “Como odiei a disciplina! Como o meu coração rejeitou a repreensão!
Não ouvi os meus mestres nem escutei os que me ensinavam.
Cheguei à beira da ruína completa, à vista de toda a comunidade”.
Beba das águas da sua cisterna, das águas que brotam do seu próprio poço.
Por que deixar que as suas fontes transbordem pelas ruas, e os teus ribeiros pelas praças?
Que elas sejam exclusivamente suas, nunca repartidas com estranhos.
Seja bendita a sua fonte! Alegre-se com a esposa da sua juventude.
Gazela amorosa, corça graciosa; que os seios de sua esposa sempre o fartem de prazer, e sempre o embriaguem os carinhos dela.
Por que, meu filho, ser desencaminhado pela mulher imoral? Por que abraçar o seio de uma leviana?
O Senhor vê os caminhos do homem e examina todos os seus passos.
As maldades do ímpio o prendem; ele se torna prisioneiro das cordas do seu pecado.
Certamente morrerá por falta de disciplina; andará cambaleando por causa da sua insensatez.

Provérbios 5:1-23

Provérbios 6

Meu filho, se você serviu de fiador do seu próximo, se, com um aperto de mãos, empenhou-se por um estranho
e caiu na armadilha das palavras que você mesmo disse, está prisioneiro do que falou.
Então, meu filho, uma vez que você caiu nas mãos do seu próximo, vá e humilhe-se; insista, incomode o seu próximo!
Não se entregue ao sono, não procure descansar.
Livre-se como a gazela se livra do caçador, como a ave do laço que a pode prender.
Observe a formiga, preguiçoso, reflita nos caminhos dela e seja sábio!
Ela não tem nem chefe, nem supervisor, nem governante,
e ainda assim armazena as suas provisões no verão e na época da colheita ajunta o seu alimento.
Até quando você vai ficar deitado, preguiçoso? Quando se levantará de seu sono?
Tirando uma soneca, cochilando um pouco, cruzando um pouco os braços para descansar,
a sua pobreza o surpreenderá como um assaltante, e a sua necessidade lhe virá como um homem armado.
O perverso não tem caráter. Anda de um lado para o outro dizendo coisas maldosas;
pisca o olho, arrasta os pés e faz sinais com os dedos;
tem no coração o propósito de enganar; planeja sempre o mal e semeia discórdia.
Por isso a desgraça se abaterá repentinamente sobre ele; de um golpe será destruído, irremediavelmente.
Há seis coisas que o Senhor odeia, sete coisas que ele detesta:
olhos altivos, língua mentirosa, mãos que derramam sangue inocente,
coração que traça planos perversos, pés que se apressam para fazer o mal,
a testemunha falsa que espalha mentiras e aquele que provoca discórdia entre irmãos.
Meu filho, obedeça aos mandamentos de seu pai e não abandone o ensino de sua mãe.
Amarre-os sempre junto ao coração; ate-os ao redor do pescoço.
Quando você andar, eles o guiarão; quando dormir, o estarão protegendo; quando acordar, falarão com você.
Pois o mandamento é lâmpada, a instrução é luz, e as advertências da disciplina são o caminho que conduz à vida,
eles o protegerão da mulher imoral, e dos falsos elogios da mulher leviana.
Não cobice em seu coração a sua beleza nem se deixe seduzir por seus olhares,
pois o preço de uma prostituta é um pedaço de pão, mas a adúltera sai à caça de vidas preciosas.
Pode alguém colocar fogo no peito sem queimar a roupa?
Pode alguém andar sobre brasas sem queimar os pés?
Assim acontece com quem se deita com mulher alheia; ninguém que a toque ficará sem castigo.
O ladrão não é desprezado se, faminto, rouba para matar a fome.
Contudo, se for pego, deverá pagar sete vezes o que roubou, embora isso lhe custe tudo o que tem em casa.
Mas o homem que comete adultério não tem juízo; todo aquele que assim procede a si mesmo se destrói.
Sofrerá ferimentos e vergonha, e a sua humilhação jamais se apagará,
pois o ciúme desperta a fúria do marido, que não terá misericórdia quando se vingar.
Não aceitará nenhuma compensação; os melhores presentes não o acalmarão.

Provérbios 6:1-35

Leitura feita por Rodrigo Campos, da Bíblia na Nova Versão Internacional

Se quiser receber o áudio das leituras diariamente em seu Whatsapp, solicite isso através do número 18-997358253

Rodrigo Campos
Um Caminhante Aprendiz

Onde você me encontra?
Twitter: @caminhaprendiz
Facebook: /caminhanteaprendiz 
Youtube: bit.ly/caminhanteaprendiz
Instagram @caminhanteaprendiz 
E-mail: rodrigoaccampos@hotmail.com
Whatsapp: 18-997358253

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: