Volte ao primeiro amor,
Ore com fervor
Sirva puramente só por amor
Sem malícia, sem barganha
Em plena gratidão

Volte a olhar com amor
Para o seu irmão
Dar comida ao faminto de pão
Sem acepção, sem olhar a quem
Adorando o nosso Deus

Esse é o jejum que Deus aceita
Fazer justiça para o oprimido
Essa é a religião que é pura
Cuidar dos órfãos e das viúvas
E não se corromper com este mundo.

Escrito por Rodrigo Campos

Um caminhante que está disposto a aprender com os erros e acertos, refletindo quais são as verdadeiras importâncias da vida e sua essência!

2 comentários

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: