Lágrimas despencam
Frutos de um interior
Que arde em chamas
Que sofre latente
Que grita em silêncio
A razão alcança os motivos?
Às vezes, sim!
Outras vezes, não!
Os motivos obscuros
Dão margem à versões
Que, ora explicam
Ora reduzem demais
A realidade do coração
Lágrimas são sementes
São orações encharcadas
De sinceridade
De dor
De esperança
A colheita virá.

Rodrigo Campos
Um Caminhante Aprendiz

Onde você me encontra?
Twitter: @caminhaprendiz
Facebook: /caminhanteaprendiz 
Youtube: bit.ly/caminhanteaprendiz
Instagram @caminhanteaprendiz 
E-mail: rodrigoaccampos@hotmail.com
Whatsapp: 18-997358253

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: