Ir para conteúdo
Anúncios

Game of Thrones – Repartir o Trono

No segundo capítulo da última temporada de Game of Thrones, Lady Sansa Stark e Daenerys Targaryen protagonizaram uma cena em que há uma conversa amistosa, cheia de empatia, que de certa forma visava remover os embaraços e o muro relacional estabelecido entre ambas. Mas, quando tudo parecia ir bem, Sansa pergunta a Daenerys: Depois que a guerra contra os White Walkers terminar, o que vai acontecer? Daenerys, quase que impulsivamente, declarou: Tomarei o Trono dos Sete Reinos. Sansa, imediatamente, a interpelou: mas e quanto a Winterfell e o Reino do Norte? Nós prometemos nunca mais nos submetermos a nenhum rei! Criou-se um clima de tensão entre as duas, uma tirou a mão de cima da mão da outra, e se não fosse por uma intervenção repentina, uma notícia que chegou removendo-as dali, tudo indica que haveria algum tipo de discussão, embate ou até combate.

mãos-separadas.jpg

Ficou evidente a dificuldade em Daenerys de “repartir o trono”, admitir outros poderes no seu eventual reinado, abrir espaços para outras lideranças e autoridades. É exatamente isso que acontece em todas as esferas da sociedade: o poder é concentrado nas mãos de poucos, esses poucos dominam sobre muitos e acessam informações privilegiadas, dispondo de posição de governo que não pode ser ameaçado por nenhuma outra força, seja do povo, seja de outras soberanias em potencial.

É o surto pelo poder que promove as maiores injustiças na terra. É quando acreditamos que o trono é nosso, custe o que custar, e que a única forma de vencer na vida é derrotando nossos rivais, nos submetendo a carnificina que a selvageria dos nossos instintos mais questionáveis demandam de nós. Nesses casos não há dimensão de “governo coletivo”, democrático, de construção social pelo debate da sociedade, pelo contrário, o que há são os interesses de indivíduos que, buscando a auto-afirmação e auto-glorificação matam, roubam, eliminam a própria humanidade e a dos seus subordinados, justificam os fins por meios inescrupulosos, só para exercer o poder e se manter nele o máximo de tempo possível.

Há quem nessa empreitada renegue valores familiares, dispense amigos antigos, crie hostilidade com pessoas que só queriam ajudar e matem tudo e todo aquele que lhe ameaçar o seu reinado de alguma forma. Foi nesse espírito que Herodes, ao saber que o Rei dos judeus havia nascido segundo as profecia deles, mandou matar criancinhas inocentes, com medo de perder sua própria influência, já que não há espaços para dois reis, não há postos para dois comandos, não há, na cabeça dele, lugar para cooperação, só pra competição.

É possível prever onde essa conversa entre Sansa e Daenerys iria chegar, caso as duas fossem relutantes quanto ao poder e, caso não fossem interrompidas pelo mensageiro. É o que temos presenciado em todas as camadas sociais, de dentro da família até o alto escalão do governo federal: birras, implicações caprichosas, um puxando o tapete do outro, um se mostrando superior ao outro, um desqualificando o trabalho do outro, um tentando subjugar o outro pelo seu poder de influência e dos meios mais sujos possíveis.

Será que nessa oitava temporada, Daenerys se tornará uma inimiga de Winterfell ao ver seu reinado, por assim dizer, ameaçado? Só nos resta esperar.

Rodrigo Campos
Um Caminhante Aprendiz

Onde você me encontra?
Twitter: @caminhaprendiz
Facebook: /caminhanteaprendiz 
Youtube: bit.ly/caminhanteaprendiz
Instagram @caminhanteaprendiz 
E-mail: rodrigoaccampos@hotmail.com
Whatsapp: 18-997358253

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: