Ir para conteúdo
Anúncios

Bíblia Toda em 1 Ano – Dia 16/04 – 1 Crônicas 12-14 – NVI

1 Crônicas 12

Estes são os que se juntaram a Davi em Ziclague, onde se escondia de Saul, filho de Quis. Eles estavam entre os combatentes que o ajudaram na guerra;
utilizavam arco e flecha e a funda para atirar pedras tanto com a mão direita como com a esquerda; pertenciam à tribo de Benjamim e eram parentes de Saul:
Aiezer, o chefe deles, e Joás, filhos de Semaá, de Gibeate; Jeziel e Pelete, filhos de Azmavete; Beraca, Jeú, de Anatote,
e Ismaías, de Gibeom, um grande guerreiro do pelotão dos trinta, e chefe deles; Jeremias, Jaaziel, Joanã, Jozabade, de Gederate,
Eluzai, Jeremote, Bealías, Semarias e Sefatias, de Harufe;
os coreítas Elcana, Issias, Azareel, Joezer e Jasobeão;
e Joela e Zebadias, filhos de Jeroão de Gedor.
Da tribo de Gade alguns aliaram-se a Davi em sua fortaleza no deserto. Eram guerreiros corajosos, prontos para o combate, e sabiam lutar com escudo e com lança. Tinham a bravura de um leão, e eram ágeis como gazelas nos montes.
Ézer era o primeiro; Obadias, o segundo; Eliabe, o terceiro;
Mismana, o quarto; Jeremias, o quinto;
Atai, o sexto; Eliel, o sétimo;
Joanã, o oitavo; Elzabade, o nono;
Jeremias, o décimo; e Macbanai era o décimo primeiro.
Todos esses de Gade eram chefes de exército; o menor valia por cem, e o maior enfrentava mil.
Foram eles que atravessaram o Jordão no primeiro mês do ano, quando o rio transborda em todas as suas margens, e puseram em fuga todos os que moravam nos vales, a leste e a oeste.
Alguns outros benjamitas e certos homens de Judá também vieram a Davi em sua fortaleza.
Davi saiu ao encontro deles e lhes disse: “Se vocês vieram em paz, para me ajudarem, estou pronto para recebê-los. Mas, se querem trair-me e entregar-me aos meus inimigos quando minhas mãos não cometeram violência, que o Deus de nossos antepassados veja isso e julgue vocês”.
Então o Espírito veio sobre Amasai, chefe do pelotão dos trinta, e ele disse: “Somos teus, ó Davi! Estamos contigo, ó filho de Jessé! Paz, paz seja contigo, e aos teus aliados, pois o teu Deus te ajudará”. Davi os recebeu e os nomeou chefes de seus grupos de ataque.
Alguns soldados de Manassés desertaram para Davi quando ele foi com os filisteus guerrear contra Saul. Mas eles não ajudaram os filisteus, porque os seus chefes os aconselharam e os mandaram embora, dizendo: “Pagaremos com a vida, caso Davi deserte e passe para Saul, seu senhor”.
Estes foram os homens de Manassés que desertaram para Davi quando ele foi a Ziclague: Adna, Jozabade, Jediael, Micael, Jozabade, Eliú e Ziletai, chefes de batalhões de mil em Manassés.
Eles ajudaram Davi contra grupos de ataque, pois todos eles eram guerreiros valentes, e eram líderes no exército dele.
De fato, diariamente chegavam soldados para ajudar Davi, até que seu exército tornou-se tão grande como o exército de Deus.
Este é o número dos soldados armados para a guerra que vieram a Davi em Hebrom para entregar a ele o reino de Saul, conforme o Senhor tinha dito:
Da tribo de Judá, 6. 800 armados para a guerra, com escudo e lança;
Da tribo de Simeão, 7. 100 guerreiros prontos para o combate;
Da tribo de Levi, 4. 600,
inclusive Joiada, líder da família de Arão, com 3. 700 homens,
e Zadoque, um jovem e valente guerreiro, com 22 oficiais de sua família;
Da tribo de Benjamim, parentes de Saul, 3. 000, a maioria dos quais era até então fiel à família de Saul;
Da tribo de Efraim, 20. 800 soldados valentes, famosos em seus próprios clãs;
Da metade da tribo de Manassés, 18. 000, indicados por nome para fazerem Davi rei;
Da tribo de Issacar, 200 chefes que sabiam como Israel devia agir em qualquer circunstância. Comandavam todos os seus parentes;
Da tribo de Zebulom, 50. 000 soldados experientes, preparados para guerrear com qualquer tipo de arma, totalmente decididos a ajudar Davi;
Da tribo de Naftali, 1. 000 líderes com 37. 000 homens armados de escudos e lanças;
Da tribo de Dã, 28. 600 prontos para o combate;
Da tribo de Aser, 40. 000 soldados experientes, preparados para o combate;
e do leste do Jordão, das tribos de Rúben e de Gade, e da metade da tribo de Manassés, 120. 000 completamente armados.
Todos esses eram homens de combate que se apresentaram voluntariamente para servirem nas fileiras. Foram a Hebrom totalmente decididos a fazerem de Davi rei sobre todo o Israel. E todos os outros israelitas tinham esse mesmo propósito.
Ficaram com Davi três dias, comendo e bebendo, pois as suas famílias haviam fornecido provisões para eles.
Os habitantes das tribos vizinhas e também de lugares distantes como Issacar, Zebulom e Naftali, trouxeram-lhes muitas provisões em jumentos, camelos, mulas e bois: farinha, bolos de figo, bolos de uvas passas, vinho, azeite, bois e ovelhas, pois havia grande alegria em Israel.

1 Crônicas 12:1-40

1 Crônicas 13

Depois de consultar todos os seus oficiais, os comandantes de mil e de cem,
Davi disse a toda a assembléia de Israel: “Se vocês estão de acordo e se esta é a vontade do Senhor nosso Deus, enviemos uma mensagem a nossos irmãos em todo o território de Israel, e também aos sacerdotes e aos levitas que estão com eles em suas cidades, para virem unir-se a nós.
Vamos trazer de volta a arca de nosso Deus, pois não nos importamos com ela durante o reinado de Saul”.
Toda a assembléia concordou, pois isso pareceu bem a todo o povo.
Então Davi reuniu todos os israelitas, desde o rio Sior, no Egito, até Lebo-Hamate, para trazerem de Quiriate-Jearim a arca de Deus.
Davi e todos os israelitas foram a Baalá, que é Quiriate-Jearim, em Judá, para buscar a arca de Deus, o Senhor, entronizado entre os querubins; a arca sobre a qual seu nome é invocado.
Da casa de Abinadabe levaram a arca de Deus num carroção novo, conduzido por Uzá e Aiô.
Davi e todos os israelitas iam dançando e cantando com todo o vigor diante de Deus, ao som de harpas, liras, tamborins, címbalos e cornetas.
Quando chegaram à eira de Quidom, Uzá esticou o braço e segurou a arca, porque os bois haviam tropeçado.
A ira do Senhor acendeu-se contra Uzá, e ele o feriu por ter tocado na arca. Uzá morreu ali mesmo, diante de Deus.
Davi ficou contrariado porque o Senhor, em sua ira, havia fulminado Uzá. Até hoje aquele lugar é chamado Perez-Uzá.
Naquele dia, Davi teve medo de Deus e se perguntou: “Como vou conseguir levar a arca de Deus? ”
Por isso desistiu de levar a arca para a cidade de Davi. Em vez disso, levou-a para a casa de Obede-Edom, de Gate.
A arca de Deus ficou na casa dele por três meses, e o Senhor abençoou sua família e tudo o que possuía.

1 Crônicas 13:1-14

1 Crônicas 14

Hirão, rei de Tiro, enviou a Davi uma delegação, que lhe trouxe toras de cedro, e também pedreiros e carpinteiros, para lhe construírem um palácio.
Então Davi teve certeza de que o Senhor o confirmara como rei de Israel e que seu reino estava prosperando por amor de seu povo Israel.
Em Jerusalém Davi tomou para si mais mulheres e gerou mais filhos e filhas.
Estes são os nomes dos que lhe nasceram ali: Samua, Sobabe, Natã, Salomão,
Ibar, Elisua, Elpelete,
Nogá, Nefegue, Jafia,
Elisama, Beeliada e Elifelete.
Quando os filisteus ficaram sabendo que Davi tinha sido ungido rei de todo o Israel, foram com todo o exército prendê-lo, mas Davi soube disso e saiu para enfrentá-los.
Tendo os filisteus invadido o vale de Refaim,
Davi perguntou a Deus: “Devo atacar os filisteus? Tu os entregarás nas minhas mãos? ” O Senhor lhe respondeu: “Vá, eu os entregarei nas suas mãos”.
Então Davi e seus soldados foram a Baal-Perazim, e Davi os derrotou e disse: “Assim como as águas de uma enchente causam destruição, pelas minhas mãos Deus destruiu os meus inimigos”. Então, aquele lugar passou a ser chamado Baal-Perazim.
Como os filisteus haviam abandonado os seus ídolos ali, Davi ordenou que fossem queimados.
Os filisteus voltaram a atacar o vale;
então Davi consultou Deus de novo, que lhe respondeu: “Não ataque pela frente, mas dê a volta por trás deles e ataque-os em frente das amoreiras.
Assim que você ouvir um som de passos por cima das amoreiras, saia para o combate, pois este é o sinal de que Deus saiu à sua frente para ferir o exército filisteu”.
E Davi fez como Deus lhe tinha ordenado, e eles derrotaram o exército filisteu, por todo o caminho, desde Gibeom até Gezer.
Assim, a fama de Davi espalhou-se por todas as terras, e o Senhor fez com que todas as nações o temessem.

1 Crônicas 14:1-17

Leitura feita por Rodrigo Campos, da Bíblia na Nova Versão Internacional

Se quiser receber o áudio das leituras diariamente em seu Whatsapp, solicite isso através do número 18-997358253

Rodrigo Campos
Um Caminhante Aprendiz

Onde você me encontra?
Twitter: @caminhaprendiz
Facebook: /caminhanteaprendiz 
Youtube: bit.ly/caminhanteaprendiz
Instagram @caminhanteaprendiz 
E-mail: rodrigoaccampos@hotmail.com
Whatsapp: 18-997358253

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: