Passe café às pressas e desfrute o dessabor.
Force o neném a comer e prepare-se para o engasgo.
Tome banho “correndo” e esqueça o sabão.
Prepare um jantar rápido e erre na mão.
O resultado disso tudo será no mínimo desastroso.
Logo, tudo que é bom leva tempo.
O processo não é sinal de demora,
É sinal de aprimoramento.
O processo respeita o tempo
E o tempo aperfeiçoa o momento.

Fábio Sant’Anna
fs-luiz@hotmail.com
fabio-santana

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: