Ir para conteúdo
Anúncios

Lealdade

Essa palavra compreende em si mesma uma porção de outras realidades que não conseguem defini-la separadamente de forma completa. A primeira percepção está no fato de que lealdade sempre chama um outro ente para a relação, sempre conecta duas pessoas ao mesmo sentimento, à mesma direção e os insere no mesmo mundo!

Lealdade é mutualidade, é uma troca natural entre pessoas que resolvem deliberadamente se doarem ao outro por querer bem, e por causa disso se tornam suporte ao outro diminuindo sua a angústia de ser/existir.

Lealdade é também fidelidade aos acordos que em comum se propuseram na relação, àquilo que entenderam ser saudável e causar bem-estar entre os dois indivíduos, resultados da empatia e disposição mental em querer contribuir para que o outro seja feliz.

Lealdade fala de perseverança, ou seja, da indisposição de desistir do outro por causa das circunstâncias adversas, das crises existenciais ou da escassez de recursos emocionais em determinamos momentos da vida. Erros acontecem e o perdão se faz necessário, leve o tempo que for. Por isso, lealdade é a perseverança em perdoar, em se reinventar, em recolocar o outro em alta estima quando o mesmo manifesta em seus piores momentos da vida.

Lealdade fala de celebração do sucesso do outro. Seres leais estão tão entranhados uns aos outros que não se veem em estado de competição ou disputa, por isso, não querem se sobressair, não pensam em “vencer”, nem em desfrutar de privilégios que o outro não desfruta. Tudo o que se recebe, recebe pra compartilhar, e toda boa notícia que beneficia o outro acaba sendo como se lhe beneficiasse pessoalmente. Afinal de contas, a alegria do outro é a alegria de seu amigo leal.

Lealdade é inclusão do outro em sua própria história. Quando o individualismo se exacerba, todo contato é superficial, momentâneo e pouco “misturador” de histórias de vida. Quem é leal se vê em comunidade com o outro, por isso inclui o outro em sua própria história: faz contato, propõe encontros, dá/cria espaços, corre o risco de receber “nãos” do outro, mas realiza isso por valorizar o outro, por querer estar perto do outro e por amá-lo.

Lealdade é respeitar a decisão do outro. Quem é leal não é obsessivo, nem controlador, nem manipulador das realidades, tampouco se utiliza das vulnerabilidades do outro para lhe impôr seu próprio capricho. A lealdade supõe liberdade e respeito com as decisões (sejam elas boas ou ruins) do outro.

O que me fez pensar nesse assunto? Assistir o filme “Dumplin” pelo Netflix.

Áudio do Texto Acima:

Rodrigo Campos
Um Caminhante Aprendiz

Onde você me encontra?
Twitter: @caminhaprendiz
Facebook: /caminhanteaprendiz 
Youtube: bit.ly/caminhanteaprendiz
Instagram @caminhanteaprendiz 
E-mail: rodrigoaccampos@hotmail.com
Whatsapp: 18-997358253

Anúncios

4 comentários em “Lealdade Deixe um comentário

  1. Nossa Mano, muito bom o texto, mexeu com minhas entranhas pois quase que extintos são esses tipos de pessoas que passam e ficam em nossas vidas, as que ficam são presentes do Criador para nós!!!!!!
    Obg por mais esse texto maninho!!!!!!
    🤜🤛🏾

    Curtido por 2 pessoas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: