Ir para conteúdo
Anúncios

N.T. Capítulo por Capítulo – Mateus 4

A tentação de Jesus é a tentação de todos nós. Toda tentação quer colocar em cheque nossa identidade em Deus (se tu és o filho de Deus), trabalha com as nossas necessidades (transforma pedras em pães), fala da nossa ambição de auto-promoção (se jogue daqui pra baixo) e lida com nossa busca pelas riquezas (tudo isso te darei). O segundo Adão (Jesus) agiu diferentemente do primeiro Adão, é a renovação da história humana, é a instituição de um novo tempo!

O áudio abaixo visa aprofundar um pouquinho mais nossa compreensão do contexto desse capítulo e de algumas aplicações que podem nos conduzir a prática desse ensinamento:

Então Jesus foi levado pelo Espírito ao deserto, para ser tentado pelo diabo.
Depois de jejuar quarenta dias e quarenta noites, teve fome.
O tentador aproximou-se dele e disse: “Se você é o Filho de Deus, mande que estas pedras se transformem em pães”.
Jesus respondeu: “Está escrito: ‘Nem só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que procede da boca de Deus’”.
Então o diabo o levou à cidade santa, colocou-o na parte mais alta do templo e lhe disse:
“Se você é o Filho de Deus, jogue-se daqui para baixo. Pois está escrito: ‘Ele dará ordens a seus anjos a seu respeito, e com as mãos eles o segurarão, para que você não tropece em alguma pedra’”.
Jesus lhe respondeu: “Também está escrito: ‘Não ponha à prova o Senhor, o seu Deus’”.
Depois, o diabo o levou a um monte muito alto e mostrou-lhe todos os reinos do mundo e o seu esplendor.
E lhe disse: “Tudo isto lhe darei, se você se prostrar e me adorar”.
Jesus lhe disse: “Retire-se, Satanás! Pois está escrito: ‘Adore o Senhor, o seu Deus e só a ele preste culto’”.
Então o diabo o deixou, e anjos vieram e o serviram.
Quando Jesus ouviu que João tinha sido preso, voltou para a Galiléia.
Saindo de Nazaré, foi viver em Cafarnaum, que ficava junto ao mar, na região de Zebulom e Naftali,
para cumprir o que fora dito pelo profeta Isaías:
“Terra de Zebulom e terra de Naftali, caminho do mar, além do Jordão, Galiléia dos gentios;
o povo que vivia nas trevas viu uma grande luz; sobre os que viviam na terra da sombra da morte raiou uma luz”.
Daí em diante Jesus começou a pregar: “Arrependam-se, pois o Reino dos céus está próximo”.
Andando à beira do mar da Galiléia, Jesus viu dois irmãos: Simão, chamado Pedro, e seu irmão André. Eles estavam lançando redes ao mar, pois eram pescadores.
E disse Jesus: “Sigam-me, e eu os farei pescadores de homens”.
No mesmo instante eles deixaram as suas redes e o seguiram.
Indo adiante, viu outros dois irmãos: Tiago, filho de Zebedeu, e João, seu irmão. Eles estavam num barco com seu pai, Zebedeu, preparando as suas redes. Jesus os chamou,
e eles, deixando imediatamente o barco e seu pai, o seguiram.
Jesus foi por toda a Galiléia, ensinando nas sinagogas deles, pregando as boas novas do Reino e curando todas as enfermidades e doenças entre o povo.
Notícias sobre ele se espalharam por toda a Síria, e o povo lhe trouxe todos os que estavam padecendo vários males e tormentos: endemoninhados, epiléticos e paralíticos; e ele os curou.
Grandes multidões o seguiam, vindas da Galiléia, Decápolis, Jerusalém, Judéia e da região do outro lado do Jordão.

Mateus 4:1-25

Rodrigo Campos
Um Caminhante Aprendiz

Onde você me encontra?
Twitter: @caminhaprendiz
Facebook: /caminhanteaprendiz 
Youtube: bit.ly/caminhanteaprendiz
Instagram @caminhanteaprendiz 
E-mail: rodrigoaccampos@hotmail.com
Whatsapp: 18-997358253

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: