Ir para conteúdo
Anúncios

Game of Thrones – Juízo dos Deuses

Cersei Lannister, a rainha-mãe, estabeleceu em Kingsland, um grupo de religiosos justiceiros liderados pelo Alto Septão que é a figura máxima da Fé dos Sete, religião predominante dos Sete Reinos, dando-lhes poder para julgar todos aqueles que transgredissem as leis de seus deuses contidas no livro “A Estrela das Sete Pontas”. Ela fez isso com o propósito de tirar a força da dinastia dos Tyrell, cujo poder maior estava nas mãos de Margaery Tyrell (atual rainha) casada com o filho de Cersei, Tommen Baratheon.

Embora a semelhança da religião predominante da série com a Igreja Católica Medieval seja inegável, quero me ater nessa reflexão apenas no fato de que a religião e a política sempre andaram juntas na história da humanidade, ora mais, ora menos, mas sempre em relação uma com a outra.

Nos tempos de Jesus, uma determinada facção das autoridades religiosas judaicas tinha se aliado ao império Romano (herodianos), sem contar os demais que, apesar de não terem alianças oficiais com o estado, estavam entrelaçados por detrás dos bastidores, combinando mutuamente o que poderiam fazer para atender as demandas de seus interesses. Isso também aconteceu cerca de 300 anos depois que Jesus havia morrido, quando Constantino também se interessou em oficializar uma religião para que pudesse atingir as pessoas pela via da fé delas.

Essa realidade não está distante de nós, visto que acabamos experimentar as eleições políticas no Brasil, que sem dúvida foram influenciadas por milhares de líderes religiosos que usaram seus púlpitos e mídias sociais para influenciarem as pessoas sob seu pastorado na direção do candidato que melhor atenderia (na compreensão deles) aos interesses do grupo que fazem parte.

Essa mistura de política e religião deu poder a muitos religiosos para executarem juízos sobre diversos pecadores em nome de Deus, condenando-os à tortura, à fogueira santa, ao rótulo de hereges, exterminando tudo aquilo que representava, no seu entendimento, um perigo à fé. A história humana testemunha o desastre que, por exemplo, as Cruzadas, a Santa Inquisição e outros acontecimentos que tal casamento provocou.

Homossexuais foram mortos, mas os mentirosos não. Religiosos ocultistas foram executados, mas os gananciosos saíram ilesos. Promíscuos, especialmente pobres, foram a julgamento, mas os imorais dentre os líderes estavam blindados. Quase sempre foi assim. Os julgamentos humanos em nome de Deus são banhados de hipocrisia, parcialidade, interesses escusos, injustiças, conveniências, vinganças e nunca realizaram a justiça de Deus.

Daí passamos a entender o porque de Deus proibir a nossa tentativa de separar o joio do trigo, a insistência em dizer que Deus não vê como os homens vê (pois, o homem vê a aparência, mas Deus conhece o coração), as reiteradas vezes em que somos estimulados a rever os critérios de nosso julgamento (visto que com esses mesmos critérios seremos julgados), e por fim, a afirmação de que a ira dos homens não produz a justiça de Deus.

Do ponto de vista divino, todos nós somos pecadores, todos merecemos a morte, todos carecemos da bondade de Deus, todos estamos igualmente nivelados, quando o assunto é merecermos alguma coisa nessa terra. A lei revelou a nossa inconsistência, a nossa incapacidade de a atingirmos pelas nossas próprias forças, visto que quem quer que quebre um só dos mandamentos, a transgride como um todo.

Por fim, o juízo divino só pode ser executado pelo Divino, e por aqueles que, numa outra dimensão serão capacitados pelo Divino a tal tarefa (por isso se diz que iremos julgar as nações). Nessa dimensão terrena, relativa, incompleta, cindida, cheia de corruptibilidade, guardemo-nos a olhar antes de tudo para as traves que estão sobre os nossos olhos, e depois disso, ajudemos humildemente, com sabedoria a tirar o cisco dos olhos dos outros, com pura misericórdia, sem julgamentos. Pois, lembremo-nos sempre que somos pó!

Rodrigo Campos
Um Caminhante Aprendiz

Onde você me encontra?
Twitter: @caminhaprendiz
Facebook: /caminhanteaprendiz 
Youtube: bit.ly/caminhanteaprendiz
Instagram @caminhanteaprendiz 
E-mail: rodrigoaccampos@hotmail.com
Whatsapp: 18-997358253

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: