Ir para conteúdo
Anúncios

As coisas não andam bem

Meu diário são os meus pensamentos, meus suspiros mais profundos, meu coração. É ali que tudo em mim acontece. Crenças e descrenças, dúvidas e convicções, barulhos e silêncios, dores e prazeres.

Esse blog é meu papel e caneta, é meu livro de desafogamento, é meu espaço de refúgio consciente, tem se tornado também ao longo do tempo uma espécie de seleção de conteúdos que valorizo, que me fizeram e me fazem bem, não é apenas pra ganhar viewers ou certa influência (o que por certo é consequência natural do processo), é antes de tudo pra expressar o que de bom tenho provado e o que tem marcado meu interior nesses últimos tempos.

Depois dessa longa e, de certa forma, desnecessária introdução, vou direto ao ponto: as coisas não andam bem! Não andam bem, dentro de mim, no meu diário! Sei que não andam bem por ver-me inquieto, inconformado, em transição do que sou para algo que ainda hei de descobrir e que por isso me incomoda. Sempre gostei do controle, de estar apar das situações, de poder interferir livremente nos processos e mudar os rumos, e meu incômodo é por não saber do que tem depois da porta, logo a frente.

Não consigo completar a frase: sinto falta de… Todas as alternativas parecem incapazes de completar de forma suficiente e definitiva esse buraco. É uma falta de algo que não sei se vou encontrar pro lado de fora, talvez tenha a ver com meu passado, ou é possível que seja uma crise em relação a algo sobre o futuro. Não sei. Não faço ideia do que seja. Só sei que quero chorar agora, e já são meia noite e quarenta, eu deveria estar na cama, mas não estou.

Minha vontade é só de chorar, chorar e chorar. Chorar sem culpa, chorar sem pressa, chorar até me lavar, chorar até amenizar. Minhas lágrimas de agora representam um universo tão grande de situações e sentimentos, que só de pensar em verbalizar já me perco sem ter ao menos dado o primeiro passo. Choro de desilusão, choro de “dores de parto”, choro de tristeza de me enxergar, choro como um brado que diz “miserável homem que sou”.

Quem presencia as minhas lágrimas é um copo com 2 dedos de vinho suave, um notebook no colo, um pouco de vento que entra na fresta da janela, você que lê essas palavras e o Eterno, que me conhece infinitamente mais do que sou capaz de me conhecer. É a Ele que direciono a minha angústia de alma, é a Ele que peço misericórdia por patinar na vida, por andar em círculos feito ramster, por ficar fugindo daquilo que precisa ser tratado imediatamente, apesar das dores, do corte que isso significa, da espada que precisa penetrar a junção da alma e do espírito.

As coisas não andam bem e isso me afeta em todos os âmbitos que interajo socialmente. Casamento, paternidade, amizades, familiares, e por aí vai. Não vou fazer promessas, especialmente já tendo quebrado milhares delas. Só vou tentar admitir a minha fraqueza e aceitar o perdão que vem do céu. Talvez esse já seja um primeiro e importante passo do processo.

Rodrigo Campos
Um Caminhante Aprendiz
IMG_jix4hv
Onde você me encontra?
Twitter: @caminhaprendiz
Facebook: /caminhanteaprendiz 
Youtube: bit.ly/caminhanteaprendiz
Instagram @caminhanteaprendiz 
E-mail: rodrigoaccampos@hotmail.com
Whatsapp: 18-997358253

Anúncios

2 comentários em “As coisas não andam bem Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: