Nesta obra o autor fala de si mesmo e para si mesmo, compondo este mosaico de reflexões e narrativas, provocações e confissões, ecos do método de um mestre que não ensinava senão por histórias e comparações.

Jorge Luis Borges costumava lembrar (citando Alfonso Reyes) que a coisa boa em se publicar livros é que não passamos a vida a reescrevê-los. A Bacia das Almas é repositório final de ideias condenadas à reformulação eterna: aqui jazem em tormento incessante as minhas ideias que não viraram livro que viraram livro e aquelas que ainda estão considerando essa possibilidade.

Para entender a Bacia não haverá chave de interpretação mais importante do que esta.

Paulo Brabo é provavelmente o mais brilhante e controverso teólogo brasileiro hoje. Ricardo Quadros Gouvêa

Considero Paulo Brabo leitura obrigatória para quem tem coragem de enfrentar o desafio constante da ressignificação da fé. Ed René Kivitz

Paulo Brabo não deixa a gente tomar fôlego. Ricardo Gondim

Você pode comprar o livro em: Submarino.

 

Acesse: http://www.baciadasalmas.com/

No Twitter você encontra o Paulo Brabo em https://twitter.com/saobrabo/

Paulo Brabo.png

 

1 comentário

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: