Com dor ou sem dor
ficarei de pé.
Mesmo que os joelhos dobrem,
Mesmo que os pés se ulcerem.

Com dor ou sem dor
usarei as mãos.
Mesmo que as mãos se firam.
Mesmo perdendo os dedos.

Com dor ou sem dor
subirei de joelhos
e mãos postas, meu Deus,
Até meu próprio fim.

Mas dai-me vida
com dor ou sem dor
a fim de que eu termine
minha obra. E ela fique de pé.

Stella Leonardos
Poetisa, Teatróloga e Tradutora Brasileira
stella-leonardos.jpg

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: