A injustiça.
O ódio.
O preconceito.
A acepção entre pessoas.

A discriminação.
A pobreza.
A miséria.
A falta de compaixão.

A acusação falsa.
A mentira.
O medo.
A tirania.

O despotismo.
A tortura.
As ameaças.
Qualquer tipo de dominação por força, ganância, egoísmo.

A indiferença.
A ausência de misericórdia.
A exposição pública.
O olhar altivo.

A intolerância.
A condenação sem provas e um julgamento justo.
Negar a quem quer que seja o:
-“Nem eu te condeno, vai e não peques mais”
Cercear a liberdade a quem quer que seja.

Deixar de confrontar quem quer que seja com a verdade, lembrando que, a verdade sem a graça é lei e a lei mata.

Fere o Evangelho tudo que há de mal e maldade dentro de cada um de nós que, se temos o Espírito Santo, temos um aliado também dentro de nós que nos confronta e nos ajuda a não nos corrompermos e a neutralizar o mal e a maldade que há em nós.

Fere o Evangelho, matar, roubar, destruir, adulterar relações, criar inimizades, impedir reconciliações.
Fere o Evangelho desesperançar.
Fere o Evangelho negar o perdão que é graça e é de graça.

Fere o Evangelho não buscar e promover a paz o tempo todo.

Fere o Evangelho não amar.

Claro, falo por mim e pelo modo como entendo e creio no Evangelho, que tem um Nome, que é Boa Noticia do Reino.

Do Reino que tem um Rei a quem sirvo e que, pra mim, é o Único Salvador Humano em quem deposito toda minha confiança.

Fiquem a vontade pra incluir o que vocês acham que FERE O EVANGELHO, falo do EVANGELHO, só do EVANGELHO.

Carlos Bregantim
https://www.facebook.com/carlos.bregantim
carlos

 

Escrito por Rodrigo Campos

Um caminhante que está disposto a aprender com os erros e acertos, refletindo quais são as verdadeiras importâncias da vida e sua essência!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: