Meu relacionamento com Deus, minha espiritualidade, estão diretamente ligados ao meu relacionamento com meu próximo, qualquer próximo, um próximo qualquer.

O Eterno não faz acepção de pessoas, antes, as ama com amor e-terno

Em outras palavras, não existe este negócio de estou bem com Deus.

Estar bem só com Deus não atende as prerrogativas dEle no que diz respeito às pessoas.

Há mais mandamentos recíprocos, horizontais, nas escrituras sagradas do que qualquer mandamento que implique num relacionamento vertical com o Eterno.

Estar bem com Deus implica em estar bem com o próximo e aqui cabe aquela pergunta feita a Jesus de Nazaré na tão conhecida parábola do tal bom samaritano, “Quem é meu próximo?”

Quem?

Só os que eu amo?
Só os amigos?
Só os que concordam comigo?
Só os da minha turma?

Antes de transcender precisamos conviver.

 

Carlos Bregantim
https://www.facebook.com/carlos.bregantim
carlos

Escrito por Rodrigo Campos

Um caminhante que está disposto a aprender com os erros e acertos, refletindo quais são as verdadeiras importâncias da vida e sua essência!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: