Ir para conteúdo
Anúncios

Meu domingo e a dinâmica do Caminho

Hoje e nestes últimos 12 anos e 4 meses, meus Domingos são bem tranquilos, relativamente calmos e leves, de descanso e revigoramento das forças pra encarar a semana que, estas sim, tem sido de muito trabalho.

Meus Domingos não tem sido de trabalho, tem sido, além do descanso, de encontros saudáveis com amigos irmãos e irmãos amigos com os quais me reúno como comunidade de fé.

Hoje, aos Domingos, diferente do que já foi, raramente nos reunimos em família, afinal, todos temos que nos adaptar aos novos tempos e ciclos de vida de cada um. Na verdade, não acho isso algo bom, mas, são as circunstâncias e as escolhas que determinam nossas agendas.

Nossas reuniões são informais, simples, não requerem uma estrutura pesada, poucos investimentos, nada de expectativas, pois, meu preparo é construir um ambiente saudável com quem aparecer, seja lá quem for.

Invisto cerca de 5 a 6 horas do meu Domingo no encontro do Caminho São Paulo, no entanto, pra mim, acreditem, são bem prazerosos, sim, em cada detalhe, sobretudo, os detalhes mais simples, tipo, ir ao mercado e fazer a compra de alguns ingredientes pra compor nossa mesa do Café Com Graça, preparar o café, arrumar as mesas, cadeiras, som, mesa do Café Com Graça, acolher os que vão chegando, conversar com cada um e ao redor da mesa viver a partilha do Evangelho e da Vida em Amor e Amizade.

Vezes, assumo algum compromisso com outras comunidades no período da manhã ou no atendimento de pessoas que só podem falar comigo aos Domingos.

Mas, nada me cansa exageradamente, antes, me faz bem em saber que, de alguma forma, sou útil a alguns.

Chego em casa entre 21 e 22 horas e ainda invisto algum tempo pra atualizar minhas redes sociais com o que foi a nossa reunião que tem sido transmitida ao vivo pela LIVE nos meus perfis do Facebook.

Lau , minha esposa e companheira há mais de 40 anos, é minha parceira nesta jornada, mas, nunca obrigada, antes, é livre pra ir e vir como todos que caminham segundo a mensagem do Caminho.

Não lido com metas a serem alcançadas, lido com vidas e suas complexidades e pra esta tarefa, não há prazos.

Aprendi lidar com a itinerância, a transitoriedade dos que chegam, ficam um tempo e vão embora, sim, aprendi mesmo e não sofro por conta disto, alias, evito usar a palavra compromisso, pois, o compromisso acontece antes com aquEle com quem todos devemos lidar na intimidade.

Na verdade, mantenho com os que passaram uma relação de amizade e cuidado mutuo, digo, claro, com a maioria, alguns, não.

Procuro manter a porta aberta pra todos que quiserem voltar pra que voltem sem constrangimentos, sem precisar dar explicações, alias, explicações devem ser dadas a nós mesmos e aos que consideramos dignos delas.

Sinto saudade de muitos que caminharam entre nós e enquanto entre nós, nos enriqueceram com suas vidas e dons.

Sinto por aqueles que se blindaram de modo que ninguém tem o melhor deles, digo, a maioria, pois, certamente, outros merecem o que são e o que podem doar.

Aprendi lidar com meus ciclos e os ciclos dos que se aproximam, ficam por um tempo e se afastam.

Minha alegria é ver gente sendo ressignificada e andando com suas próprias pernas dando conta de si mesmas e servindo pra que outros cheguem a este patamar da vida.

O cansaço que este serviço gera é muito bem vindo, é como a dor do corredor de rua, que se alegra de ter saído pra uma corrida e volta dolorido, mas, feliz porque saiu e porque cumpriu sua tarefa.

Não sou um trabalhador que trabalha obrigado, sou um trabalhador feliz por ter a tarefa que tenho e poder desempenhar os papéis que desempenho no serviço às pessoas.

Os meus Domingos são assim, pra mim, bem calmos, são leves, são revigorantes e de encontros saudáveis com aqueles a quem Deus ama e por eles a Si mesmo se deu em amor.

Desejo-lhes Domingos assim ou que seus Domingos sejam ainda melhores a partir das escolhas que cada um pode fazer.

Que nada seja por obrigação, antes, seja como uma poesia que se pareça com uma rede onde se deite e descanse.

O descanso é uma disciplina espiritual tão importante quanto a oração.

Segue abaixo informações sobre nossos encontros.

CAMINHO SÃO PAULO
DOMINGO 18h30
AV. LINS DE VASCONCELOS, 3390 – VILA MARIANA – SP
Bem vindos todos.

Carlos Bregantim
https://www.facebook.com/carlos.bregantim
carlos

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: