Ir para conteúdo
Anúncios

Pensar a Vida

Toda ação sem reflexão possui potencial de ser degeneradora do caráter, da lucidez, do bom senso e do necessário equilíbrio pra vida. Geralmente agimos sem pensar quando estamos com raiva, ansiosos, com medo, diante de uma situação traumática, confrontadora, catastrófica. Alguém diz “eu não vi nada, estava cego naquele momento”, isso demonstra uma situação clara de pré inconsciência, de estar “fora de si”, estar sem domínio próprio. Isso é muito perigoso!

Há outro tipo de situação, em que pessoas vivem “normalmente”, mas como se estivessem no “piloto automático”, agem como robôs, pré programados, num sistema automatizado, agem porque se acostumaram a agir, por tradição, por imposição externa, por quererem ser bem vistos, por desejarem acompanhar a maioria. Gente que é inconveniente sem perceber, pessoas que não são sensíveis aos próprios erros, não discernem suas ações, estão seduzidos por uma “ideologia” e se deixam levar por elas incondicionalmente, sem questionamentos, sem ponderações, sem reflexão.

Pensar a vida é extremamente necessário! É se perguntar: Porque ajo assim? Porque me comporto dessa maneira? Qual a minha motivação nessa ação? Essa motivação é válida? Ela é coerente com o que eu quero, creio e considero bom? Será que estou negociando valores inegociáveis? Será que estou semeando coisas que depois, lá na frente, não vou querer colher?

Pensar a vida é fazer o exercício filosófico do questionamento, das perguntas, da averiguação do coração, do espírito, do que aquilo que faço significa para mim. Pensar a vida é muito mais que uma elucubração que permeia apenas as “teorias existenciais”, pensar a vida é sobretudo o exercício intelectual deliberado que nos conduz a práticas coerentes, a externalizações harmonizadas com os conteúdos e valores internos. Toda a ação que não condiz com uma crença interior é hipócrita, é ferramenta de dualização, desgasta e corrói a coerência da vida!

Quantos pensam a vida? Quantos possuem a coragem de se questionarem? Qual a porcentagem de pessoas engajadas consigo mesmas por uma vida mais coerente? Qual o número de pessoas que estão cada vez mais manifestando visão, auto-conhecimento, ciência da interferência de si nas relações, capacidade de em se melhorando, melhorar o ambiente por onde passa?

Extraído do extinto Blog Pense a Vida (15/07/2015)

IMG_20180224_075841914

Rodrigo Campos
Um Caminhante Aprendiz

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: