Ir para conteúdo
Anúncios

Perseguições

Sem dúvidas, o que mais assentou a realidade do evangelho em mim, foram as perseguições. Sem se valer de nenhum tipo de vitimismo, o fato é que, romper com tradições religiosas familiares que não condiziam com Jesus, romper com toda a construção hierárquica denominacional institucional e me abrir a verdadeira multiforme graça de Deus (que não se traduz nas ideias de graça convencionais) atraiu várias ações motivadas pelo ódio, vingança e ignorância de várias pessoas e em vários períodos da minha vida.

Tem como ser diferente? Não creio! Pois, Jesus falou em uma cruz a ser carregada, em negar-se a si mesmo, em amar inimigos, em divisão dentro da própria família, em deixar pai-mãe-irmãos, perseguições por causa da justiça, ódio compartilhado, Jesus avisou todas essas coisas de antemão para que ninguém estivesse mal avisado.

Ser do evangelho não é garantir a tranquilidade de uma vida confortável e destituída de desafios. Pelo contrário, segundo Paulo, é preciso “participar dos sofrimentos de Cristo” e isso é inerente a todo e qualquer discípulo de Jesus.

Quer uma vida sossegada, indiferente e sem o bom combate da carreira da fé? O evangelho de Jesus não será útil a você! O evangelho é para pessoas muito bem posicionadas!

IMG_20180224_075841914

Rodrigo Campos
Um Caminhante Aprendiz

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: