Ir para conteúdo
Anúncios

Palavras de Sonhador #2 – Felipe Farah

Às vezes, tudo o que precisamos é de acreditar, simplesmente, acreditar nessa força maior, sem questionar.

Aceitar o inaceitável pela justificativa da “necessidade” e da doença é derrubar os últimos critérios do bom senso e da racionalidade. A cultura libertária tem um papel importante em qualquer sociedade, mas na dose certa. Estamos vivendo num tempo em que a regra, até então constituída durante séculos de civilização, está dando espaço para a excepcionalidade. Daqui a pouco tempo não vai ser o aborto tema de discussão no STF, mas sim a livre comercialização de órgãos, a venda de guarda e por aí vai. Perdoem-me o tendencialismo, mas lutar tanto por direitos não é o mesmo que lutar por benefícios. Houve um tempo em que o próprio Nazismo foi instituído e legalizado. Era a lei. Era um direito alemão matar judeus! Creio que o que o Brasil precisa é de uma política que priorize primeiramente os deveres para só depois merecermos os nossos direitos. Daí sim, colocaremos a “mão na massa” em prol da coletividade e não apenas dos próprios familiares. Só acho!

O maior sinal da presença do espírito santo em uma pessoa é o amor. Sem a prática do amor toda letra é morta, toda empreitada é falida e tudo o mais é vão!

Estar bem consigo mesmo é tão importante quanto estar bem com o próximo e com Deus! Essa é a verdadeira comunhão!!!

A democracia não foi feita para ficar escrita num livrinho chamado Constituição. A democracia é viva, ela é pulsante e nada mais autêntico do que o tête-à-tête para que o povo, de fato, exerça o seu poder. Conversar sobre política, travar debates com bons argumentos, ter uma convicção política ou filosófica, tudo isso se dá no dia a dia, no tête-à-tête, de pessoa pra pessoa e não de forma indireta como no voto. Portanto, que nós não deixemos para a época das eleições, de forma ilusória, a prática da democracia, pois todo dia é dia para exercer o poder, ainda que pareça não haver mais esperança.

Ter fé no Senhor é ter uma relação profunda com o melhor amigo, o melhor pai e o melhor Deus!

É como diz o provérbio chinês: “Nós não podemos mudar os ventos, mas podemos ajustar as velas”. Uma forma de interpretação: os ventos são soprados por Deus, não podemos mudá-los. Mas, as velas do barco estão ao nosso controle para serem ajustadas e podermos navegar conforme Deus deseja.

“Mas, a vida é mesmo muito ingrata
Não sabe brincar com quem lhe quer bem
Cada um deve ter mesmo a sua sina
Ou será que não tem?”

É por esse trecho de um poema meu que eu gostaria de trazer um reflexão que pode esclarecer muitas coisas, inclusive o próprio sentido de nossas vidas.
Será mesmo a vida muito ingrata ou “a vida é dura pra quem é mole?” Eu vou tentar escrever com poucas palavras. A vida nesse mundo é dura, meu amigo. A felicidade que a mídia prega é pura ilusão. E digo mais, o foco nesse mundo é a maior perda de tempo. Acumule riquezas nos céus, onde não há traças e nem ferrugem, busque a Deus assim como uma planta busca o sol, seja reflexo da luz de Deus para as pessoas ao seu redor, carregue a cruz dessa vida, de verdade, para um dia, enfim, poder descansar em paz nos braços de Jesus Cristo. Aí sim, a vida será uma eterna felicidade plena!

Felipe Farah
felipefarah12@gmail.com
felipe

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: