Ir para conteúdo
Anúncios

A vontade de ser um sucesso

O sucesso pode ser definido como um estado de felicidade pessoal aliado ao reconhecido status social que o põe numa posição de destaque. É assim, que no final das contas, a sociedade, o mercado e as mídias vendem a ideia de sucesso. Com o advento das redes sociais, o sucesso conta com mais um elemento: relevância no alcance das postagens que se faz (maior curtida, mais seguidores, mais visualizações, etc).

Para ter o sucesso há pessoas que fazem de tudo: vendem a alma em “reality show”, mergulham numa banheira de Nutella e postam no Youtube, criam um personagem no Facebook cuja vida é ideal, linda o tempo todo e desejável, se tornam os filósofos da atualidade, mesmo sem nem saber direito do que estão falando. Resumindo, muitos perdem a noção de quem verdadeiramente são, se despem de si mesmos e se vestem da roupa da moda do momento, da tendência global (sejam correntes, hábitos, memes, tags etc).

Essa vontade de ser um sucesso vem justamente da vontade de ser relevante, que no fim das contas é algo que vem do próprio ego, pois em geral, poucos buscam o tal “sucesso” promovendo, apoiando e sendo suporte para outras pessoas. Geralmente se busca o sucesso pra si e se encara o outro ou como um cliente (que vai financiar meu sucesso pessoal) ou como o concorrente (alguém que devo minimizar para, em vencendo-o, obter o tão desejado sucesso).

Isso explica pelo menos 50% das postagens na internet (sendo bastante otimista). Quando olho para o ensino de Jesus, aprendo que sucesso tem aspectos muito diferentes da ideia que encontro no inconsciente coletivo: pra Jesus bem sucedido é o humilde, o manso, o misericordioso, o amoroso, o pacificador, o que se doa, o que cuida do que está caído, o que se sacrifica, aquele que possui a consciência de que o Reino de Deus não é desse mundo, o que tem vive pela perspectiva da eternidade, o que não negocia a verdade, o que não se suja com a corrupção, prostituição e com a falsidade. O bem sucedido, segundo Jesus é aquele que não se vinga, mas perdoa, o que prefere servir do que ser servido, ou seja, é aquele que segue seus passos não importando as consequência.

O sucesso, segundo esse mundo, geralmente se baseia em ter a melhor casa, o melhor carro, ter a maior influência, fazer as melhores viagens, ter as melhores coisas, não para compartilhar, mas sim para esbanjar e se comparar com superioridade em relação aos outros ao seu redor. É o sucesso do sonho americano, do capitalismo selvagem, do eu como medida de todas as coisas.

Há pessoas de “sucesso”, que são as mais miseráveis de toda a terra!

Que tipo de sucesso você está buscando?

 

IMG_20180224_075841914

Rodrigo Campos
Um Caminhante Aprendiz

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: