Quando ouço ou leio algo a meu respeito, primeiro pergunto-me se é verdade, se o que ouvi e li é de fato o que ocorre comigo.

Se é verdade, cabe a mim, só a mim, rever-me, reler-me, reparar-me e estabelecer uma nova conduta.

Se não é verdade, cabe a quem disse ou escreveu a reparação ou a comprovação do que foi dito ou escrito.

Agora, há o que sempre me constrangerá quando me confrontarem e, só cabe a mim buscar melhorar a mim mesmo.

Por exemplo, qualquer um que perguntar sobre minha vida de oração, me constrangerá, pois, oro sempre menos do que deveria.

Se me perguntarem sobre minha intimidade com Deus, sempre me constrangerão, pois, não sou tão intimo quanto deveria ser.

E por aí vai.

Aprendi a lidar com criticas, mas, não sou dos que recebem bem criticas, prefiro ser encorajado às mudanças que precisam ocorrer na minha vida por aqueles que me amam e por me amarem lidam comigo sabendo das minhas fragilidades e me tratam com respeito.

Há os que me confrontam e ficam por perto pra me ajudar a me corrigir e estes admiro e ouço.

Há os que preferem ficar longe e, também respeito, mas, não contribuem pra que eu melhore.

Relacionamentos saudáveis são os que os protagonistas se melhoram como seres humanos, como pessoas, como gente.

Carlos Bregantim
https://www.facebook.com/carlos.bregantim
carlos

Escrito por Rodrigo Campos

Um caminhante que está disposto a aprender com os erros e acertos, refletindo quais são as verdadeiras importâncias da vida e sua essência!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: