Uma pessoa muito querida de Pernambuco me perguntou: Há cura para a idolatria? Quando qualquer pessoa se enfrenta e se percebe nesse estado de ser, existe saída? Fico pensando nos povos idólatras da palavra, algum destes reconheceu-se e mudou o foco? Até onde sei todos se obstinaram na exterioridade, me corrija por favor.

Eis a resposta:

rodrigo campos biblioteca
Rodrigo Campos
Um Caminhante Aprendiz
rodrigoaccampos@hotmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: