O Concilio do Vaticano II e a Constituição sobre a sagrada liturgia

No dia 28 de Outubro de 1958, no conclave que se seguiu à morte de Pio XII, foi eleito Papa o Cardeal Ângelo Roncalli, que tomou os nome de João XXIII. Foi uma surpresa para muita gente. Uma surpresa também o nome adoptado. Depois dos Pios e dos Gregórios e
dos Leões, um Papa do século XX passava a usar um nome bíblicoo nome de um dos doze Apóstolos de Jesus Cristo. Era como que um remontar às nascentes.

João XXIII contava, nessa altura, 77 anos. Correu voz de que iria ser um Papa de transição. Foi-o de facto. Mas foi nessa ”transição”, que durou desde o dia 28 de Outubro de 1958 até ao dia 3 de Junho de 1963, que se deu um dos acontecimentos mais importantes da Igreja do nosso tempo. Quem vier depois de nós terá perspectiva
suficiente para dizer se não terá sido mesmo um dos acontecimentos mais importantes da vida da Igreja tout court.

Esse acontecimento foi a convocação do Concílio Vaticano II.

Leia na íntegra abaixo:

O Concilio do Vaticano II e a Constituição sobre a sagrada liturgia

Colaboração:
Prof. Julio César Gonçalves
http://sociologianomundo.blogspot.com.br/
julio


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s