O vento e suas sapequices
Leva a folha
Faz voar as bolhas
Até que estourem no chão
Ventos contrários
Levam nosso salário
Favorecem os adversários
Trazem dores de montão
Tudo se acalma, às vezes até de repente
Nenhuma tempestade dura pra sempre
E os bons ventos batem à porta
E enfim aliviados, agradecemos e seguimos em frente
Há quem diga que a vida é injusta
Como se as angústias fossem espúrias
E o mal completamente devastador
Mas e se os espinhos forem importantes?
Para o aprendizado do novato navegante
Que precisa ampliar a sua percepção?

Rodrigo Campos
Um Caminhante Aprendiz
200x200

Escrito por Rodrigo Campos

Um caminhante que está disposto a aprender com os erros e acertos, refletindo quais são as verdadeiras importâncias da vida e sua essência!

2 comentários

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: